Casamentos Casa & Decor 15 anos

Navegue como ou

A importância da vitamina D na gestação

A deficiência de vitamina D no organismo de pessoas de diferentes idades já se tornou uma situação comum nos dias de hoje (cerca de 90% da população mundial apresenta essa defasagem). A grande causa disso é a vida indoor, sem exposição ao sol, que é a maior fonte dessa importante vitamina. E se para uma pessoa em condições normais, a falta dela pode causar doenças graves, como câncer, osteoporose, entre outras, para as grávidas o risco é ainda maior.

cz-babies-kids-a-importancia-da-vitamina-d-na-gravidez

De acordo com o dr. Guilherme Loureiro, obstetra da Maternidade Pro Matre Paulista, a carência de vitamina D pode ter consequências preocupantes para gestantes. “Baixos níveis de 25 OH Colecalciferol (vitamina D) podem induzir um parto prematuro, aumentar as chances de pré-eclâmpsia – que é a hipertensão arterial específica da gravidez – e fazer com que o bebê também nasça com a deficiência da vitamina”, explica ele.

Além dos problemas gerados durante a gravidez, o médico ainda ressalta um para os bebês. “Outro fator comprovado ligado à falta do hormônio é que mães que não estão com seus níveis de vitamina D em dia durante a gestação dão à luz mais facilmente a bebês com autismo.”

COMO TER BONS NÍVEIS DE VITAMINA D

Para repor a vitamina D e evitar danos à saúde é importante: manter uma dieta saudável, composta por carnes, peixes, leites e ovos, por exemplo; E fazer banho de sol. “A vitamina D só é absorvida adequadamente com a exposição da pele direto ao sol, completamente livre de outras barreiras. O certo seria ficar no sol sem protetor solar por 15 minutos diariamente, fora dos horários de sol a pino, até às 10h e depois das 17h”, afirma dr. Guilherme Loureiro.

O consumo da vitamina D encapsulada ou em solução também é uma alternativa, mas é importante que seja sempre prescrita por um médico de acordo com a necessidade do paciente, pois a vitamina D, apesar de se fazer essencial, pode ser tóxica. Ingestões excessivas resultam em hipercalcemia, levando a depósitos de cálcio nos rins, artérias, coração e pulmões, isso porque a vitamina D estimula o processo de formação de cálcio no organismo.

(Foto: Reprodução)

Veja também: Dicas para evitar dores nas costas durante a gestação

E mais: A importância do pré-natal e os exames obrigatórios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *