Casamentos Casa & Decor 15 anos
Topo

Navegue como ou

10 dicas para uma lancheira saudável

Com a volta às aulas, é hora de pensar nos estudos, materiais escolares e também na alimentação das crianças na escola. Com a correria do dia-a-dia e com as mais variadas opções disponíveis de lanches prontos, muitos pais acabam optando por alimentos mais práticos, que normalmente são ricos em gorduras saturadas, sódio, açúcar, conservantes químicos e pobres em vitaminas e minerais. Para ajudar os pais a montarem uma lancheira saudável, pedimos para a coordenadora de nutrição da Unilever, Gisele Pavin, mostrar algumas opções nutritivas e saborosas.

Fotos: Diets in Review e Fam Health

A importância de uma lancheira nutritiva

Esse pequeno lanchinho tem um papel muito importante na alimentação das crianças, já que fornece a energia necessária entre as refeições, contribuindo para que os pequenos tenham disposição física e mental para realizar as atividades do dia-a-dia. O mau hábito alimentar pode trazer como resultado os males do colesterol alto e a hipertensão arterial já na infância, principalmente para os que possuem suscetibilidade genética. É imprescindível que a criança tenha uma alimentação equilibrada e consuma diariamente as quantidades de nutrientes adequadas para seu crescimento. Alimentos fontes de cálcio, ferro, vitaminas e minerais são alguns dos elementos indispensáveis de uma refeição saudável nessa idade”, relata.

A nutricionista Laís Aliberti, da Unilever,10 dicas simples que podem tornar o lanche escolar mais atraente e nutritivo para os pequenos:

1.  Converse com as crianças sobre o que ela gosta de comer na hora do lanche e proponha opções saudáveis, como frutas;

2. Variar a opção de frutas é uma alternativa para a criança não enjoar. Importante dar prioridade às que agradem o paladar da criança, aumentando assim as chances de aceitação;

3. Faça lanche com recheios coloridos, pois torna a alimentação mais atraente. Por exemplo, bisnaguinha integral com creme vegetal + peito de peru + cenoura ralada;

4. Diversifique o tipo do pão (bisnaguinha, pão de forma, pão sírio) e também o recheio – creme vegetal, frango desfiado, queijo branco;

5. Substitua o refrigerante na lancheira por sucos naturais ou de 200 ml, bebida à base de soja sabor chocolate ou iogurte. Os pais devem ficar atentos às tabelas nutricionais das bebidas para sempre escolherem a opção com menos açúcar;

6. Evite inserir bolinhos prontos ou bolachas recheadas, porque apresentam grande concentração de açúcar e podem conter gordura trans. Não é proibido colocar doces na lancheira, mas eles devem aparecer de maneira esporádica e em tamanhos pequenos, como bombons ou barrinhas pequenas;

7. Troque salgadinho por sanduíches caseiros ou salgados assados, em virtude do excesso de sódio e gordura saturada desse produto;

8. Lembre-se que alimentos de alta densidade energética e poucos nutrientes podem causar queda no rendimento escolar da criança. A alimentação saudável é muito importante porque ajuda na concentração e desenvolvimento da memória;

9.  Incentive a ingestão de bastante água, pois os pequenos esquecem de se hidratar;

10. Procure montar uma lancheira que não apresente mais do que 300 calorias, para isso, é importante ler o rótulo dos alimentos, procurando balancear alimentos com fonte de carboidratos, fonte de proteínas e fontes de vitaminas e minerais.

3 exemplos de lancheira saudável:

Sugestão de cardápio saudável sem restrições:
– Pão de forma integral com creme vegetal e cenoura ralada
– Suco natural ou de caixinha
– Um cacho de uva

Sugestões de cardápio para crianças alérgicas ao leite:
– Bebida à base de soja sabor chocolate
– Banana
– Cenourinha baby

Sugestão de cardápio para crianças com intolerância ao glúten:
– Pão de batata com creme vegetal
– Iogurte
– Suco de melancia

3 Comentários

  1. Eleonora 2 de agosto de 2012

    Substituiria o creme vegetal por manteiga… Em casa só usamos manteiga, estudos recentes mostram que não são vilões da saúde como se pensava e acaba sendo mais “natura”, menos processada que a margarina!
    Bjs

  2. Susana Réus Evaldt 29 de janeiro de 2013

    Ola.Boa noite.Tenho 34 anos ,sou casada.Tenho uma filha de dois anos e oito meses ,o nome dela é Ana Julia:ela é alergica ao leite,ovo e seus derivados,ela se coça muito,fica toda vermelha.Nao sei como preparar um cardapio para ela,nao sei quantas horas por dia ela deve comer,fico muito preocupada,até sei oque ela nao pode comer,mas aqui na minha cidade ,é dificil ,achar iogurtes e balas pra ela q bala ela ama,entao eu nunca sei que tipo de bala dar..A ANA é muito agitada,joga tudo pro chao quando negamos algo pra ela, e no geral ela é agitada,meu marido e eu nao temos tempo pra estarmos juntos pois alem de agitada ela é ciumenta..Preciso de ajuda,preciso saber oque dar pra ela ,na alimentaçao.Aqui tmbm é dificil achar margarina sem leite q ela tmbm gosta.Obrigada se puderem colaborar..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *