Casamentos Casa & Decor 15 anos

Alimentação

Exibindo página 3 de 549

Navegue como ou

Eletrodomésticos divertidos

Que tal levar a criançada para a cozinha nessas férias? Pipoqueira, sanduicheira, torradeira...Separamos abaixo utensílios com design divertido para fazer lanchinhos fofos e gostosos. Já escolheu o seu favorito? 1. Cascata de chocolate Snoopy | 2. Máquina de waffle Snoopy | 3. Torradeira Hello Kitty | 4. Torradeira Domo | 5. Sorveteira Ariete Disney | 6. Pipoqueira do...
Leia mais

Os lanchinhos fofos de Sandra van den Broek

Nós sempre ficamos encantadas com esses pais prendados que conseguem transformar a comida dos filhos em pequenas obras de arte (lembram das comidinhas da Samantha Lee?)! Pois agora acabamos de descobrir o trabalho de Sandra van den Broek, que prepara lanchinhos fofos para seus filhos e publica-os em seu Instagram (@sandravandenbroek). Os ingredientes são bem simples - basicamente pão, queijo, algum vegetal, flores e patê. A paleta de cores é sempre bem suave, o que deixa o resultado final ainda mais gracinha! Abaixo, alguns dos pratos que mais gostamos: Fotos: Reprodução / Instagram...
Leia mais

5 alimentos que parecem saudáveis, mas não são

Na hora de preparar o lanche dos pequenos, optamos sempre por oferecer alimentos que parecem ser saudáveis, tais como barrinha de cereais, pão integral e biscoitos integrais, em vez de refrigerantes, bolachas recheadas e salgadinhos. Se você é um desses, seu mundo está a prestes a desmoronar. Muitos alimentos são bem menos saudáveis do que imaginamos! Confira cinco exemplos na lista a seguir e fuja de armadilhas!  1. Barrinha de cereal Muito utilizadas pelos pais na hora de compor o lanche, as barrinhas de cereal, além de serem práticas, são sempre uma boa solução na substituição de bolachas recheadas, doces e chocolates. Atualmente, existem muitas ofertas de barras de cereais no mercado. Existem aquelas que são consideradas adequadas, como as opções sem glúten e sem lactose, que contêm mais oleaginosas e cereais como chia, quinua, amaranto, e ainda aquelas com alto teor proteíco. Mas, muitas barrinhas possuem alto teor de açúcar, gordura saturada, corantes e pouco teor de fibras. Na hora de comprar, preste atenção nas informações nutricionais e na lista de ingredientes que estão na embalagem. Prefira sempre as barrinhas com maior teor de fibras, menos gordura e mais frutas e grãos integrais. Além disso, outra dica é variar, substituindo a barra de cereal por alimentos como frutas frescas, frutas desidratadas (banana, maçã, manga, abacaxi, damasco, uva passa etc) e oleaginosas (castanha-do-Pará, nozes, amêndoas, pistache). 2. Peito de peru O peito de peru, por ser um embutido com baixo teor de gordura, acaba sendo muito escolhido na hora de compor os lanches. O que muitos não sabem é...
Leia mais

Receitas: Dia das Crianças

Já sabe qual programa fazer no Dia das Crianças? Que tal reunir a família na cozinha e preparar comidinhas deliciosas juntos? Em homenagem à data, selecionamos algumas de nossas receitas que devem  fazer sucesso entre os pequenos - e adultos também. Abaixo, as nossas sugestões: 1. Brigadeirão | 2. Onion Rings | 3. Mac 'n' cheese | 4. Bolo de caneca de chocolate | 5. Milkshake de flocos e negresco | 6. Hot dog...
Leia mais

A verdade sobre o glúten. Seu filho é intolerante?

Atualmente, o vilão da vez em toda roda de conversa é o glúten. Muitos especialistas culpam a proteína do trigo, da aveia, centeio e da cevada por uma lista de problemas relacionados à saúde, entre eles a obesidade. A promessa do emagrecimento rápido e de uma barriga chapada fez com que muitas pessoas optassem por uma dieta glúten free. Mas será que o glúten uma das principais proteínas vegetais consumidas há mais de 10 mil anos pelo homem é tão maléfica para a saúde? Foi pensando em tudo isso que quis diferenciar a doença celíaca de possíveis modismos. Vamos aos fatos. Mas, afinal, o que é o glúten? O glúten é uma proteína composta pela mistura das proteínas gliadina e glutenina, que se encontram naturalmente na semente de muitos cereais, como trigo, cevada, centeio e aveia . É graças a ela que massas de pães crescem e, após a digestão, vira energia para nossas células. Na hora de preparar a receita, o cozinheiro mistura a farinha com água e sova bem. Isso faz com que a glutenina e a gliadina se unam, formando o glúten. O novo composto forma redes que aprisionam o gás carbônico liberado pelo fermento. É dessa maneira que o pãozinho ou outra massa qualquer conseguem crescer e ficarem macios. Doença celíaca ou intolerância permanente ao glúten: Ainda pouco conhecida, a intolerância ao glúten vem desafiando o conhecimento científico há muito tempo devido a sua apresentação clínica variada, que abrange desde sintomas leves e poucos específicos - como uma criança que não ganha peso – até...
Leia mais

Alergia alimentar na infância

Atualmente, ouço muitos pais falarem que seus filhos são alérgicos ao leite ou ao trigo. Mas será que seu filho é realmente alérgico ou apresenta apenas uma intolerância a determinado alimento? Foi pensando nisso que preparei para vocês uma série de matérias sobre alergias alimentares, a fim de tentar desmitificar e diferenciar alergia e intolerância alimentar. Então, Vamos aos fatos: Usualmente os termos “alergia’’ e ‘’intolerância’’ são utilizados de maneira errônea, como sinônimos para indicar uma situação orgânica adversa a determinados alimentos. Alergia alimentar: é uma resposta excessiva ou uma hipersensibilidade do sistema imunológico a determinada substância estranha ao nosso organismo, sendo o alimento o agente desencadeador dessa reação. A pessoa alérgica quando ingere determinado alimento alérgeno (que causa alergia, como por exemplo: leite, amendoim, trigo, soja, ovo etc), ativa o sistema imunológico que produz anticorpos para destruir a substância que desencadeou a alergia. Portanto, a causa das alergias alimentares está relacionada à produção de Imunoglobulinas E (Ig E) que provoca alergia a determinado alimento. Intolerância alimentar: é uma resposta anormal a determinado alimento ou aditivo, sem a ativação dos mecanismos imunes. As reações que ocorrem na intolerância podem ser causadas por toxinas produzidas por fungos, bactérias, fungos e a frutos do mar (ostra e camarão); agentes farmacológicos com cafeína (café, chá preto e cacau), histamina (peixe, vinho, cerveja, chocolate, e queijos) , teobromina (chocolate, chá), tiramina (queijo, abacate, laranja, banana, tomate), erros metabólicos por deficiência de produção de enzimas (lactase); idiossincráticas a um alimento ou uma substância química presentes na composição do alimento como corantes, principalmente tartrazina (corante...
Leia mais

Preparando uma lancheira saudável

Ultimamente, a maior dúvida que ouço dos pais que frequentam meu consultório é a de como montar uma lancheira saudável para os seus filhos. Confesso a vocês que não é uma missão muito fácil, já que os alimentos preferidos das crianças são justamente aqueles que não podem estar frequentemente presentes dentro da lancheiras. Os lanches, também chamados de refeições intermediárias, são de extrema importância para o desenvolvimento e crescimento das crianças. Se ela ficar muito tempo sem se alimentar entre as refeições ou não se o fizer de uma maneira correta, ela poderá ficar cansada, perder peso e até sentir tontura. Por isso, um lanche saudável se torna imprescindível. Quanto mais completo for o lanche da criança, mais nutritiva será a alimentação da mesma. Sendo assim, a regra é fácil. Um lanche equilibrado deverá ser, principalmente, com baixos teores de açúcar, sal e gordura. Veja logo abaixo como montar uma lancheira saudável: Importante salientar que alimentos que são perecíveis (queijos, iogurtes, leite fermentado, frios e sucos naturais) deverão ser acondicionados em lancheiras térmicas, principalmente em dias de temperatura muito alta. Além disso, pelo menos uma vez por semana, as lancheiras deverão ser higienizadas com detergente e hipoclorito. Preparei um cardápio diversificado e prático com sugestões de lanches para 15 dias. Espero que aproveitem a dica! Heloísa Tavares é nutricionista graduada pelo Centro Universitário São Camilo, especialista em pediatria clínica pelo Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da FMUSP, graduada em pedagogia na Faculdade de Educação da USP e atua há mais de 10 anos em consultório junto à...
Leia mais

Baby Bum 2014: Ideias saudáveis

Ideias saudáveis também fazem parte da Baby Bum 2014! Veja o que encontramos por lá: A Banca de Frutas é uma iniciativa para despertar o interesse dos pequenos pelas frutas. Super colorida e cheia de opções gostosas, é praticamente impossível passar em frente sem provar um abacaxi gelado ou um suco. No espaço ainda tem os jogos "O que vamos comer hoje?" e "O desafio dos pratos", confeccionados pela Perte Design, que ensinam às crianças como se alimentar de forma saudável se divertindo: Papinhas e comidas congeladas orgânicas são especialidade da Papá Gourmet, que faz entregas em domicílio. As comidinhas são separadas por estágios, com pratinhos para o início da mastigação e até sobremesa. Para bebês de 6 meses até crianças de 8 anos: Fotos: Aline Inagaki Baby Bum 2014 22 a 25 de maio, das 10h às 20h Vila dos Ipês Av. Mofarrej, 1.505 – V. Nova Leopoldina...
Leia mais

As comidinhas divertidas de Samantha Lee

Nós já falamos de comidinhas divertidas aqui e aqui, mas nenhum trabalho nos encanta mais que o de Samantha Lee! Ela cria pratos cheios de criatividade e nos mais variados temas para suas filhas e publica-os em seu Instagram (@leesamantha). Como vocês podem imaginar, as postagens fazem o maior sucesso! Apesar da aparente complexidade dos desenhos, os materiais utilizados são bem simples - tesoura, facas e palitos de dente. Ou seja, todo mundo pode tentar fazer em casa! Abaixo, alguns pratos pra lá de divertidos: Fotos:...
Leia mais

Suco, néctar ou refresco?

Eba, o verão chegou! Nada melhor, com todo esse calor, do que nos refrescarmos com um bom suco de frutas. Mas você ainda tem dúvidas sobre qual suco é a melhor opção para oferecer para os nossos pequenos? Qual a diferença, afinal, entre suco, refresco, néctar e suco de caixinha? Você acha que é tudo igual? Foi pensando nisso que resolvi desmistificar a diferença entre eles. Na maioria das vezes, a palavra “suco” é utilizada popularmente para se referir a toda bebida que é feita de frutas. Mas, na verdade, o que poucos sabem é que há muitas diferenças entre essas bebidas. Como podemos perceber logo abaixo: - Suco Natural É o líquido resultante do esmagamento da fruta. De acordo com a legislação brasileira, os sucos são aqueles que possuem apenas fruta em sua composição, sem adição de água, açúcar, corantes ou conservantes. Por esses motivos, além de ser ricos em vitaminas, do ponto de vista nutricional o suco é sempre o campeão e a melhor opção. Mas devemos ter cuidado ao oferecer em quantidades muito grandes, pois por serem concentrados podem ter o valor calórico maior e algumas frutas, tais como uva, melancia e laranja, têm índice glicêmico alto, o que dificulta o controle da glicemia em crianças diabéticas. - Néctar Já ouviu a expressão “néctar dos deuses”? Ela tem um sentido muito positivo e acaba confundindo os consumidores na hora da compra. Por esse motivo, o governo já estuda outra nomenclatura para classificar este tipo de bebida, já que o nome sugere que o néctar é superior...
Leia mais