Casamentos Casa & Decor 15 anos

No ninho

Exibindo página 2 de 349

Navegue como ou

No Ninho: Flávia + Camila e Caio

No começo do ano, recebemos uma festinha linda com o tema safari. O aniversariante de um ano era um bebê fofo com olhos azuis de tirarem o fôlego. Não resistimos e logo pedimos para fazer um No Ninho com ele e a mamãe, a Flávia. Para nossa surpresa, o Caio tem uma super irmã, a Camila, de cinco anos. Passamos uma tarde deliciosa na casa da família e batemos o maior papo com esta mãeozona, que nos contou como foi ter o primeiro filho fora do País (a família morava no México), o momento de decidir voltar, como preparou o primeiro filho para a chegada do segundo, entre várias outras coisas. Vem ler ótimas dicas e ver as fotos lindas que a Carla D’Aqui fez: VOCÊ SEMPRE QUIS TER FILHO? “Sempre! Porém, comecei a trabalhar muito cedo e em determinado momento, fui para o México fazer intercâmbio pelo escritório que trabalhava. Lá, conheci meu marido, que também é brasileiro e fazia intercâmbio profissional, e não voltei. Adiamos bastante, mas uma hora percebemos que nossa vida era lá, que não tinha sentido esperar para voltar. E assim veio a Camila.” FORAM MUITO DIFERENTES AS GESTAÇÕES? “As gestações em si não foram diferentes, em ambos os casos trabalhei até o último dia. Já os partos, completamente diferentes. No parto da Camila, como era a primeira filha e estávamos longe do Brasil e da família, fizemos cursos de tudo, literalmente. Nos preparamos da melhor forma. Tive o parto normal, com a ajuda da doula e foi ótimo. A recuperação foi maravilhosa.” “Diante disso, quis seguir...
Leia mais

No Ninho: Bianca Comolatti + Maria Clara

A gente adora reencontrar pessoas queridas que já passaram por um dos nossos sites. A Bianca, mãe do No Ninho de hoje, foi uma das "nossas" noivas no blog de Casamentos (veja mais aqui), e agora vem para o Babies ao lado da Maria Clara. Clicada pela fotógrafa Vivi Guimarães, a dupla posou para um ensaio muito fofo! Durante o bate-papo, essa mãezona nos contou como foi a chegada da pequena, onde fez o enxoval e todas as mudanças que a maternidade trouxe para a sua vida. Dá uma olhada: QUANDO DESCOBRIU QUE ESTAVA GRÁVIDA, QUAL A PRIMEIRA COISA QUE PASSOU NA SUA CABEÇA? "Acho que a primeira coisa que pensei foi como esperei tanto tempo para engravidar e sentir essa mistura de alegria com ansiedade." A GRAVIDEZ FOI TRANQUILA? "A gestação foi tranquila sim! Não tive nenhuma complicação, e só fiz um pouco de repouso no final para ela ganhar peso. Ela nasceu de 39 semanas, de cesariana programada pois estava sentada e não virou." VOCÊ SE PREPAROU DE ALGUMA FORMA PARA O PARTO? "Fiz pilates até o oitavo mês, o que me ajudou muito a não ter dores nas costas, e drenagem linfática até a semana do nascimento para melhorar o inchaço das pernas - ajuda muito!" NO QUE A MARIA CLARA MAIS TE SURPREENDE? "A cada dia me surpreendo mais com a sua facilidade de aprender e de observar tudo que ela tem." ELA DORME BEM? "Ela ainda não dorme a noite toda, acorda uma vez para mamar e só dorme no colo, não tenho coragem de fazer o nana neném, acho que...
Leia mais

No Ninho: Lívia Colucci + Lorena e José

A mãezona do No Ninho de hoje é uma conhecida nossa de longa data. No comando da WhiteHall, loja especializada em vestidos de noiva e festa, Livia Colucci abriu as portas de seu apartamento em São Paulo para um sessão de fotos ao lado de seus pequenos, a Lorena, de dois anos, e o José, de quatro meses. Foi um dia muito gostoso, todo registrado pela querida fotógrafa Vivi Guimarães, e onde conversamos sobre como preparar o primeiro filho para a chegada do segundo, a prática da shantala e o que usou e não usou do enxoval. Dá uma olhada: QUAL A DIFERENÇA DA PRIMEIRA PARA A SEGUNDA GRAVIDEZ? “A primeira foi bem tranquila, tive pouco enjoo, só mesmo azia, que foi bastante. Já a do José foi totalmente diferente. Fiquei os nove meses enjoada, foi mais complicada neste sentido.” UM TERCEIRO ESTÁ NOS PLANOS? “Acho que não. Um bebê muda muito a nossa vida e a vida da família. Brinco que fiquei traumatizada com a chegada da Lorena. Apesar de ter tido muito apoio, principalmente do meu marido, foi difícil aceitar que uma coisa que era “só minha” durante nove meses se tornou do mundo. As pessoas só ligavam pra saber dela, para visitar ela. Minha casa se tornou uma casa aberta, o dia inteiro tinha gente, foi uma invasão, principalmente familiar, muito grande. Foi difícil lidar com uma felicidade imensa que eu sentia, e ao mesmo tempo com essa nova realidade.” E COMO VOCÊ RESOLVEU ISSO? “Graças à terapia, que recomendo para todas as futuras mamães. No meu caso, fiz...
Leia mais

No Ninho: Rejane Wolff e Branca

O primeiro No Ninho de 2016 traz uma dupla conhecida - e muito querida - por nós: a fotógrafa Rejane Wolff e a pequena Branca. O lado profissional da mamãe de primeira viagem, nós conhecemos bem. Responsável pelos cliques de alguns dos casamentos mais badalados do interior de São Paulo, ela aparece com frequência no nosso blog dedicado ao assunto. Por aqui, Rejane nos mostra um pouco do seu dia-a-dia com a família, bem como concilia sua agenda lotada de festas com as dores e delícias da maternidade. Os cliques foram feitos pelo papai, o também fotógrafo Daniel Poletto: QUAL A PRIMEIRA COISA QUE PASSOU NA SUA CABEÇA QUANDO FICOU SABENDO QUE ESTAVA GRÁVIDA?: "Quando fiz o teste de farmácia fiquei passada, com cara de boba, não acreditava. Nós estávamos planejando engravidar, mas confesso que tinha certeza que iria demorar. Meu esposo até foi na farmácia comprar um segundo teste, e mesmo dando positivo, ainda não tinha certeza. Isso tudo aconteceu em uma sexta-feira à noite e no dia seguinte iríamos fotografar um casamento. Então, só no domingo de manhã fui ao hospital fazer o exame. A sensação foi engraçada. Estava super feliz, mas ao mesmo tempo bateu aquele sentimento de “e agora???”. Acho que toda gestante passa por esse mini desespero. rs!" E COMO ESTAVA SUA VIDA NESSE MOMENTO?: "Eu e o Daniel estávamos casados há quase 8 anos quando resolvemos engravidar. Nós nos casamos muito novos, com pouco tempo de namoro e decidimos que iríamos “namorar” depois de casados. Foi muito gostoso, porque a gente aproveitou muito. Viajamos para muitos dos lugares que queríamos, saíamos...
Leia mais

No Ninho: Camila Klein e Betina

Como hoje é a noite de Natal, não podíamos deixar de ter um No Ninho com alguns cliques temático. Nossas convidadas são a arquiteta Camila Klein e a sua filha Betina, de um ano e sete meses. A dupla recebeu a gente em seu apartamento, em São Paulo, para mostrar a árvore de Natal, o presépio e também como a diversão entre mãe e filha acontece no dia a dia. Camila aproveitou para contar um pouquinho sobre a rotina da Betina, os preparativos que fez para ter um parto tranquilo e seguro, e como concilia a maternidade com a vida profissional.  Os cliques pra lá de fofos são da fotógrafa Nina Amaral: A GESTAÇÃO: "Foi planejada. Sabia que precisava engravidar nesse período para conseguir conciliar meu desejo de ser mãe com um dos momentos mais importantes da minha carreira. Nina nasceu de 8 meses." PREPARAÇÃO PARA O PARTO: "Três coisas me ajudaram bastante. Acrescentei chia, frutas e ômega 3 e diminui o consumo de café e chimarrão (que adoro!). Eu e Betina ficamos com mais energia e menos agitadas. Durante a gestação, fui adepta da terapia sacral, que é uma técnica de massagem que faz com que a criança se encaixe na posição certa no dia parto." CARREIRA X MATERNIDADE: "Acredito que tudo é planejamento. Desde a gravidez, sempre me preocupei em como conciliaria minha filha e vida pessoal com o trabalho, e a terapia me ajudou muito nesse sentido. Hoje, tenho horários, rotina, almoço em casa, até porquê é a hora da mamada dela, depois volto pro trabalho, e às 18hs encerro...
Leia mais

No ninho: Cissa Sannomiya e Felipe

Foi em um dia chuvoso, no comecinho de novembro, que Cissa Sannomiya nos recebeu em sua casa, na região sul de São Paulo. Seu lado profissional nós conhecemos bem. Responsável pelos cliques de alguns dos casamentos mais badalados da cidade, ela aparece com frequência no nosso blog dedicado ao assunto. Por aqui, Cissa nos mostra um pouco do seu dia-a-dia com a família. Mãe de um menino lindo, o Felipe, de 2 anos, ela concilia muito bem sua agenda lotada de festas com as dores e delícias da maternidade. A responsabilidade de registrar a top fotógrafa com seu pequeno ficou por conta de outro grande talento, a Aline Inagaki, que fez um registro lindo da dupla! Em seguida, batemos um papo descontraído com Cissa. Tranquila e super "pé no chão", ela nos contou sobre a rotina do sono do bebê, falou sobre as dificuldades dos primeiros meses e deu bons conselhos para as mamães de primeira viagem.   Ser mãe de menino "Eu adoro! Sempre achei que fosse ser mãe de menino. É mais prático! Menino é mais solto, mais brincalhão, não tem tanta frescura. Por outro lado, meninos têm muito mais energia. O Felipe não para um minuto, é 24 horas correndo pra lá e pra cá!"   Carreira x maternidade "Eu trabalhei até os 8 meses de gravidez, e desde o começo eu sabia que seria assim. Nunca pensei em parar de trabalhar. Depois de um mês, já voltei à minha rotina de casamentos. A vantagem é que minha profissão me permite fazer meus horários. Hoje, por exemplo, estou em casa de...
Leia mais

No Ninho: Paula e Felipe

A gente decidiu começar o No Ninho desta semana de forma diferente, com uma foto, para você já entender quanta gostosura vem pela frente! Esse é o Felipe, filho da médica Paula Guglielmetti. Com apenas seis meses, ele é a alegria da família, que conta com vovô, vovó e titios babões. "A gravidez foi muito desejada e programada. A vida estava muito tranquila. Sem querer ser clichê, faltava apenas o Felipe para torná-la completa." Batemos o maior papo com essa mãezona, que deu várias dicas valiosas sobre enxoval, hora do sono, papinha e o retorno da vida marido e mulher. E sabe o que mais gostamos? E que a Dra. Paula mostrou que mesmo sendo pediatra neonatologista, a maternidade é algo surpreendente (até para quem entende muito sobre bebês)! Os cliques pra lá de fofos são da fotógrafa e nossa parceira Carla D'Aqui! COMO FOI A GESTAÇÃO DO FELIPE?: "Tive uma gestação inicialmente tranquila, sem enjoos ou outros sintomas. Mas, acabei evoluindo com um quadro de polidrâmnio (que é quando se tem muito líquido amniótico no útero). Com isso, tive bastante contrações e fiquei de repouso no último trimestre. O Felipe nasceu com 39 semanas." FEZ ALGUMA PREPARAÇÃO FÍSICA PARA O PARTO?: "Fiz atividade física direcionada para gestantes, drenagens linfáticas e acompanhamento nutricional para ganhar peso adequadamente (mas a vontade de comer era tão grande, que confesso que não fui muito comedida)." COMO FOI O RETORNO ÀS ATIVIDADES PROFISSIONAIS?: "Voltar é sempre difícil. Parte de mim queria muito sair de casa e retomar a profissão, mas deixar meu Felipe aos cuidados de outra pessoa foi muito doloroso. Ainda mais porque não tive muita...
Leia mais

No Ninho: Bruna Tamer + Thomas

O No Ninho desta semana está com bochechas e sorrisos para dar e vender. A dupla da vez é Thomas, de sete meses, e Bruna Tamer, mãezona de primeira viagem. Casada com o fotógrafo Roberto Tamer, que assina os cliques deste ensaio, ela nos contou o que tem dado certo no dia a dia do pequeno, como foi tomar a decisão de dar um stop na carreira para ser mãe em tempo integral, e as principais mudanças que o Thomas trouxe para a sua vida. Vem ver como é um dia de farra na família Tamer! COMO FOI A GESTAÇÃO DO THOMAS? "Logo que descobri que estava grávida, tive um sangramento que me deixou muito preocupada. Depois disso foi bem tranquila, não tive enjoos, tonturas e desejos. Com aproximadamente quatro meses, passei a ter enxaquecas - sempre tive, mas durante a gestação não podia tomar o medicamento que estava acostumada -. As crises me levavam direto ao pronto socorro, quase fiquei internada. Só foram passar aos sete meses. Dali para frente curtir sem preocupação o fim da gravidez." VOCÊ OPTOU POR DEIXAR SEU EMPREGO PARA SE DEDICAR AO THOMAS. QUAIS AS CONSIDERAÇÕES QUE FEZ PARA DECIDIR? "Não estava 100% satisfeita na minha profissão e o Thomas foi o empurrão que faltava para tomar a decisão de não voltar a trabalhar neste momento. Antes da maternidade, julgava facilmente as mães que tinham feito essa escolha, mas hoje, vejo que nada é tão simples. Sempre achei que voltaria sem problemas e colocaria ele em um berçário, fácil assim. Mas definitivamente, quatro meses de licença-maternidade não...
Leia mais

No Ninho: Emanuelle e Arthur

Aterrissamos no Rio de Janeiro, mais especificamente em Penedo, para conhecermos a história de uma dupla muito divertida: a Emanuelle e o pequeno Arthur, de dez meses. A advogada contou para a gente como foi a gestação longe do marido, a rotina do bebê e algumas escolhas interessantes que fez no percurso, como a companhia de uma doula (mulheres que acompanham gestantes e as auxiliam em todo o processo) e a alimentação BLW - baby led weaning (técnica que incentiva a autonomia do bebê durante as refeições, sem o uso de colheres, papinhas ou mingaus, tudo guiada pelo interesse do bebê nos alimentos). Os cliques fofos do No Ninho são da fotógrafa carioca Isabel Machado. Dá uma olhada no papo que tivemos! A GESTAÇÃO: “A gestação do Arthur, fisiologicamente falando, foi muito tranquila. Não tive enjoos, nem sono em excesso, nem desejos absurdos. Emocionalmente, enfrentei uma maratona. Do terceiro para o quarto mês de gestação, a licença trabalhista que pedi para acompanhar meu marido na transferência dele para o interior do Rio terminou e não aceitaram meu pedido de prorrogação. Tive que voltar sozinha para São Paulo, onde morávamos, o que foi muito duro para nós.” “Era muito triste viver as emoções da gestação longe dele. Enfrentava quatro horas de estrada toda sexta à noite e toda segunda de manhã para poder estar junto do meu marido, dos nossos cachorros, na nossa casa. Tive muito medo de acontecer alguma emergência e não estar perto dele e da minha médica de confiança. Graças a Deus tudo correu bem e, logo que entrei no último...
Leia mais

No Ninho: Daniela Frugiuele + Rafa

Essa semana, no No Ninho, a gente apresenta uma dupla muito querida: a arquiteta Daniela Frugiuele, da Suite Arquitetos, e o Rafa, seu pequeno de um ano e oito meses. A família, que vive em São Paulo com o papai Gabriel, deu um show no ensaio fotográfico clicado pela nossa parceira Carla D'Aqui. Dani, que já pensa em uma segunda gravidez, bateu o maior papo com a gente sobre maternidade, alimentação, rotina do sono, enxoval, e aproveitou para dar boas dicas de decoração para quem precisa montar o quarto do bebê. PREPARAÇÃO DURANTE A GESTAÇÃO: “Não fiz nada, só li o livro ‘Crianças francesas não fazem manha’. E só li porque ganhei da minha irmã. Até o Rafa nascer, nunca tinha trocado uma fralda. E foi bom, porque a gente tem que aprender a ser mãe com os nossos filhos, não com curso e bebê dos outros.” A DANI ANTES E DEPOIS DA MATERNIDADE: “Não sei se mudei muito, ou se me tornei mais consciente das coisas. Parei de viver pra mim e comecei a viver pra gente. Tudo o que faço no dia, vejo se isso pode atrapalhar minha relação com ele. E o que faço da vida, preciso pensar se aquilo vai afetar ele de alguma forma. Quero criar meu filho pro mundo, pra se relacionar com as pessoas, pra viver feliz. Então, não adianta ficar tentando ensinar ele a ‘pedir’, dizer ‘obrigado’ e ‘por favor’, se eu mesma esqueço de vez em quando.” VOLTA AO TRABALHO: “Foi muito difícil, não gosto nem de lembrar. Mas sabe que a tecnologia me...
Leia mais