Casamentos Casa & Decor 15 anos

Mommy in Bloom

Navegue como ou

Horário de Verão: Como adaptar o sono do bebê

Com a mudança do relógio para o Horário de Verão, os bebês podem sentir dificuldade na hora de dormir, mas nada de pânico! Em geral, após a primeira semana, tudo volta ao normal. Confira as dicas de Patricia Tsukada, da Mommy in Bloom, para adaptar o sono do bebê durante essa época. Dicas para adaptação antes horário de verão:  - Verifique se o bebê está tirando sonecas adequadas para que ele não fique exausto nesta transição de horário. - Coloque o seu bebê para dormir mais cedo, adiantando pelo menos 15 minutos do horário habitual, se possível uma semana antes do início do horário de verão. - Mantenha o ritual de sono. Dicas para adaptação durante o horário de verão:  - Leve o seu bebê para tomar sol logo no inicio da manhã; se estiver frio, deixe a casa bem iluminada com a luz natural, isso irá ajudar o relógio interno do seu bebê a se ajustar durante a mudança de horário. - Tomar pelo menos 30 minutos de luz solar logo pela manhã nesta primeira semana de horário de verão pode ajudar o corpo do seu bebê a entrar em sintonia com a mudança de horário. - Seja flexível. - Preste atenção nos sinais de sono do seu bebê. - Escolha o método de transição. - Mantenha o ritual de sono. - Banho gostoso e massagem auxiliam no processo de relaxamento do bebê. Método de Transição 1: Mantenha a Rotina  Se o seu bebê se adapta facilmente as mudanças, siga a rotina normal, acorde-o no horário habitual. Provavelmente...
Leia mais

Chile com as crianças

Saindo do tradicional roteiro Disney, Patrícia Tsukada, da Mommy in Bloom, resolveu passar as férias com suas pequenas no Chile! Abaixo, ela compartilhou com a gente algumas dicas de passeios e atividades por Santiago. O voo internacional: - Duração do voo São Paulo-Chile: 4 horas (ida) e 3 horas (volta) - Dicas de voo com o bebê: levar a comida do bebê para ser consumida no avião (caso necessário, também na chegada ao local de destino, dependendo do horário do voo),  fórmula infantil (caso o bebê não esteja mais no aleitamento materno), biscoitos, brinquedos que não façam barulho ou com luzes para não incomodar os outros passageiros, um kit extra de roupa para troca, iPad, iPod, lápis de cor, cadernos e livros para entreter os pequenos. Rotina de sono: A adaptação deve ser feita com relação à rotina e ao fuso horário local. No caso de Santiago, 1 hora a menos de diferença em relação ao horário do Brasil agora no inverno. Todo bebê fica super estimulado com novidades, por isso é normal acontecer despertares noturnos durante a madrugada nos três primeiros dias. Dicas para a rotina de sono: - Chegada ao local de destino: respeite e observe os sinais de sono do bebê. - Objeto de conforto: leve objetos que lembrem o ambiente de dormir do bebê, como lençol, naninha, travesseiro, cobertor e manta. - Adaptação do bebê: em geral, os bebês levam de 3 a 7 dias para se adaptarem a nova rotina. - Adaptação à rotina: após o primeiro dia de viagem, adapte os horários de acordo...
Leia mais

Cuidados com o bebê no inverno

Com a chegada do frio, aumenta a preocupação das mães em torno da saúde e bem estar do bebê. "A primeira reação é agasalhar ao máximo os pequenos, como se fossem cebolas, com várias camadas de roupas", comenta Patricia Tsukada, da Mommy in Bloom. Para não cair nessa tendência de transformar o bebê em "boneco de neve" (rs), veja abaixo algumas dicas úteis. 1. Roupas: dê preferência as de tecido de algodão, principalmente quando entram em contato direto com a pele do bebê. A lã pode causar alergia em alguns bebês. Gorros, luvas e meias são aconselhados, pois os bebês perdem muito calor nas extremidades. 2. Hora do banho: deixe tudo preparado antes de começar o banho, separe as roupas, fraldas e kit higiene. Prepare o ambiente deixando o chuveiro ligado para aquecer. A temperatura da água deve ser morna, em torno de 37ºC. O horário ideal é no período da tarde, entre 15h e 16h, onde a temperatura está mais elevada durante o dia (mas adapte de acordo com a rotina do bebê). O banho deve ser rápido, por isso evite brinquedos que distraiam o bebê. Evite o uso excessivo de sabonete para evitar o ressecamento da pele. Use produtos específicos para a pele do bebê. Se você fizer a troca de roupa no quarto da criança, evite as correntes de ar, por isso deixe janelas e portas fechadas. Prepare  o quarto aquecendo um pouco o ambiente com aquecedor elétrico, para deixar a temperatura mais agradável. 3. Passeio: evite sair com o bebê após o banho. Evite os...
Leia mais

Como identificar o choro do bebê

O choro do bebê,  para muitos pais, é um enigma sem solução…eles não sabem por onde começar a acalmar o pequeno e o som emitido pode se torna desesperador. Muitas vezes, a choradeira só dura um minuto, mas a impressão é de que dura horas! Pensando nisso, Patricia Tsukada, da Mommy in Bloom, separou algumas dicas para identificar o choro do bebê.   "Antes de entrar em desespero, o importante é se acalmar, respirar fundo e escutar o que o bebê está querendo dizer. Isso mesmo, o choro é a única forma que o bebê possui de se comunicar com o mundo. O choro pode ser de fome, cansaço, super estimulação, frio, cólicas, febre, reação à vacinação, necessidade de mudança de ambiente, alimentação excessiva, pedido de carinho.... Seguir uma rotina diária ajuda e muito as mamães de primeira viagem a identificar o que o choro do bebê está dizendo. Se o choro não passar, consulte o seu pediatra". TIPOS DE CHORO - Cansaço ou excesso de cansaço: choro longo e alto que começa com uma inquietação. - Super estimulação: choro longo e alto, semelhante ao do excesso de cansaço. - Fome: choro curto no começo, mas que vai adquirindo um ritmo cadenciado. - Dor/Gases: grito muito alto, o bebê pode prender o fôlego entre os gritos e recomeçar, o bebê estica e encolhe as perninhas e se contorce de dor. - Frio: choro a plenos pulmões com lábio inferior tremendo. - Calor: lamento inquieto, que parece com um ofego baixo. - Fralda suja: choro fraquinho de incômodo. - Movimentos...
Leia mais

Tipos básicos de carrinhos de bebê

Depois das dicas para comprar o carrinho de bebê, a Mommy in Bloom fala agora sobre os tipos básicos de carrinhos de bebê. Carrinho tradicional ou chamado Travel System (3 em 1): - Em geral são maiores - Em geral, são vendidos com o bebê conforto + Moisés - Reclinam totalmente para serem usados desde recém-nascido - Peso entre 8 e 23kg - Possui locais para colocar objetos - São confortáveis Guarda-chuva ou Carrinho Passeio Leve: - Ideal para bebês a partir dos 6 meses (mas depende do modelo) - Alguns modelos podem até reclinar totalmente e ser usados por recém-nascidos, depende do modelo e marca - Mais baratos e menos duráveis - peso entre 4 e 6kg - Ótima opção para viagens - Fácil para manusear e guardar Carrinho de 3 Rodas para Cooper: - Ideal para papais que querem praticar exercícios com o bebê - Possui base mais leve, estrutura para absorver choques, rodas maiores e freio - Ideal para bebês a partir de 6 meses - Peso entre 13 e 20kg - Eles são maiores que os carrinhos tradicionais Carrinho Duplo: - Gêmeos ou para quem vai ter o segundo filho com pouca diferença de idade - Dependendo do modelo, os bebês ficam lado a lado, um na frente e outro atrás, ou tipo trenzinho - A partir de recém-nascido - Importante: verificar se cabe no porta mala e nos lugares que a família frequenta (casa/apartamento, casa dos avós, restaurantes, lojas etc) [author] [author_image]http://babies.constancezahn.com/wp-content/uploads/sites/2/2014/03/patricia-tsukada.jpg[/author_image] [author_info]Patricia Tsukada é baby planner certificada pela International Academy of Baby Planner...
Leia mais

Dicas para comprar o carrinho de bebê

Faz tempo que estamos para falar sobre carrinho de bebê por aqui! Como o assunto rende muitas dúvidas, vamos começar dando algumas dicas básicas para comprar o carrinho de bebê. Veja abaixo os conselhos da Mommy in Bloom na hora de escolher o modelo ideal.  1. Itens para se levar em conta na hora da compra: -  Segurança -  O perfil da família -  O valor a ser investido -  Locais onde o carrinho será utilizado (passeios, viagens, dia a dia)   2. Dicas de segurança de acordo com Inmetro e ABNT: - Rodas: grandes e resistentes para ficar fora do alcance das crianças, possuir travas e freios grandes para terrenos acidentados e pequenos para calçadas. - Dobradiças: não devem ser pontiagudas. - Cinto segurança: 5 pontos, aquele que passa pelo ombro e quadril do bebê. - Para choques: em torno da cabeça do bebê para evitar as sacudidas ao andar com o carrinho e manter a cabeça do bebê firme. - Estrutura: alumínio para não esquentar quando expostas ao sol. - Selo do Inmetro para carrinhos nacionais.   3. Dicas na hora da compra para facilitar a vida das mamães: - Possuir cesta de baixo para colocar bolsa, objetos e compras. - Assento fácil de lavar e higienizar. - Verificar as inclinações do carrinho, se ele deita o suficiente para colocar um recém nascido para dormir. - Cinto de segurança: 5 pontos, fácil de prender. - Verificar se o carrinho é compatível com algum bebê conforto. - Verificar se a altura da barra para empurrar o carrinho é...
Leia mais

Cuidados com o bebê no verão

O verão está chegando! A estação mais quente do ano é sinônimo de praia e diversão, mas também é importante tomar alguns cuidados! No calor, os bebês podem ficar mais irritados, com dificuldade para dormir durante as sonecas e no sono noturno. Se o bebê já se alimenta de sólidos, pode ficar irritado sentado no cadeirão durante as refeições. Pensando nisso, Patricia Tsukada, da Mommy in Bloom, dá algumas dicas para deixar o bebê mais fresquinho no verão. 1.  Sinais de calor: bebê suando, bochechas vermelhas e sinais de irritação. 2. Roupas: vestir o bebê com uma roupa leve (body manga curta, camiseta regata ou só de fralda). 3.  Berço fresquinho: não deve ter protetor de berço, ursinhos e outros objetos, até por medida de segurança, caso você nunca tenha recebido a orientação. 4. Janelas abertas: para arejador o ambiente e circular o ar. 5.  Ventilador: pode-se usar desde que ele não esteja direcionado diretamente para o bebê, e sempre ligar antes do bebê dormir para arejar o quarto. 6. Umidade do ar: você pode deixar toalha molhada no quarto  para umidificar o ar, pois a evaporação contribui para evitar o ar seco e baixar a temperatura. 7. Piscina ou Praia:  usar protetor solar específico para a pele do bebê. 8. Passeio ao ar livre: usar chápeus ou bonés sem esquecer o protetor solar. 9. Bebês que já se alimentam de sólidos: ofereça muito líquido durante o dia, de preferência água; sucos naturais são bem vindos. 10. Bebês que estão só no aleitamento materno: o intervalo entre as mamadas...
Leia mais

Rotina do sono do bebê: fuso horário

Patricia Tsukada, da Mommy in Bloom, está com a gente aqui na Baby Bum para falar sobre a rotina do sono do bebê. O bate-papo com as mães acontece hoje e amanhã, das 14h às 16h, então ainda dá tempo de participar (clique aqui para saber mais)! Aproveitando o tema, ela compartilhou com a gente algumas dicas para tornar a transição de fuso horário mais tranquila quando se faz uma viagem internacional com o bebê: 1) Planejar: comece uma semana antes a ajustar a agenda do seu bebê. 2) Adaptar o horário do sono noturno: colocar 15-30 minutos mais tarde a cada noite se você viajar para oeste. Se você planeja viajar para leste, coloque-o para dormir mais cedo. 3) Escolher o horário do vôo: ter em mente o horário de sono do bebê torna a viagem mais fácil e menos prejudicial para a rotina dele. 4) Ajuste gradual: seja flexível com a alimentação e a rotina de sono, pois pode demorar alguns dias para o seu bebê se adaptar. 5) Durante o dia: mantenha o bebê ocupado durante o dia, faça atividades ao ar livre para  ele se acostumar aos poucos com  o fuso horário. 6) Durante a noite: diminua as luzes, mantenha o ritual do sono, adapte o local para se tornar um ambiente familiar e acolhedor. 7) Tranquilizar o bebê: para esta fase de adaptação, traga um brinquedo favorito ou um cobertor para ele se sentir mais seguro. 8) Quando voltar para casa, siga o mesmo roteiro de adaptação do sono noturno e, principalmente, seja flexível...
Leia mais

Viagem internacional com o bebê - arrumando as malas

Continuando nossa série de posts sobre viagem internacional com o bebê, agora chegou a hora de ver algumas dicas da Mommy in Bloom para arrumar as malas. *Verifique sempre no local de destino que você irá viajar: a previsão do tempo na semana ou dias em que você estará por lá para separar as roupas adequadamente, a disponibilidade de comprar fraldas, lenços umedecidos (para ocupar menos espaço na mala) e até que horas os supermercados e restaurantes ficam abertos, assim  você pode se programar melhor. DICAS PARA A HORA DE MONTAR AS MALAS - Faça uma lista dos itens básicos alguns dias antes de viajar. - Divida esta lista por roupas, acessórios, alimentação, higiene, passeio etc. - Com a lista em mãos um dia antes da viagem, comece a separar os itens, dê um “ok” no que você já pegou e conforme se lembrar coloque junto com os outros itens separados. - Leve sacos plásticos extras para colocar roupas sujas, babadores etc. - Coloque os remédios e produtos de higiene em sacos plásticos para evitar vazamento - Separe a câmera fotográfica, filmadora, pilhas, baterias, carregadores e adaptadores de tomada. - Deixe as malas todas identificadas com os cartões de identificação de bagagem. - Deixe separado cópia da certidão de nascimento do bebê/criança, carteirinha do plano de saúde e passaporte. - Não se esqueça do telefone do pediatra e do plano de saúde. MALA DO BEBÊ - Roupas: Calcule a quantidade de acordo com os dias que você ficará no local de destino e pense em duas trocas por dia....
Leia mais

Viagem internacional com o bebê - documentação

Fazer uma viagem internacional com o bebê requer planejamento prévio e cuidados especiais. Patricia Tsukada, da Mommy in Bloom, empresa especializada em baby planning, separou algumas dicas para facilitar a viagem e tornar o processo mais tranquilo. Nesta primeira parte, falamos sobre passaporte do bebê e visto americano (sim, bebê também precisa de passaporte!). PASSAPORTE DO BEBÊ 1. Documentos: - Providenciar a documentação solicitada no site da Polícia Federal e foto 5x7 colorida, recente, sem data e em fundo branco. - Preencher a autorização expressa de ambos os pais ou responsável legal (modelo aqui). - Preencher e pagar o GRU, respeitando sua data de vencimento. 2. Entrevista: - Compareça ao posto do DPF munido da documentação original exigida, GRU paga e protocolo de solicitação. - Crianças menores de 3 anos de idade deverão apresentar 1 (uma) foto facial 5x7, recente, colorida, sem data e em fundo branco. - Certidão de Nascimento Original - A criança deve estar acompanhada dos pais na entrevista com RG/CPF ou CNH. 3. Prazo de entrega: - Data provável de entrega do passaporte em até 6 (seis) dias úteis. - No ato da entrega do passaporte o menor deverá estar acompanhado de um dos genitores, do responsável legal ou procurador. 4. Validade do passaporte: - Para menores de 4 anos terá validade definida de acordo com a sua idade (ver tabela) *Para maiores informações acesse o site da Polícia Federal: www.dpf.gov.br/servicos/passaporte/requerer-passaporte VISTO AMERICANO DO BEBÊ ** Isenção de entrevista para solicitantes com até 15 anos de idade igual ou superior a 66 anos. Mas deverá realizar...
Leia mais