Casamentos Casa & Decor 15 anos
Topo

Navegue como ou

Viajando com os pequenos!

POSH-MOMS-PATRICIA

Eu estava super ansiosa para escrever minha primeira colaboração aqui – blog que eu tanto acompanho e admiro. Minha ideia era falar da mala que montei para os pequenos no feriado. Foi tudo tão corrido que eu decidi mandar o texto assim que chegasse na praia; já que eu saí na quinta antes do Carnaval para evitar a loucura da véspera do feriado prolongado e daí teria tempo de sobra.

Mas qual a minha surpresa?? Meus dois filhos – Gui, 5 e Guto, 9 – ficaram doentinhos já no decorrer da viagem. Os dois com febre alta (mais de 39) e muita tosse seca. A tosse começou forte no avião. E o Gui quando tosse acaba passando mal… e daí o caos se estabeleceu! Ele se sujou, eu também e o Guto ficou enjoadíssimo com toda a situação. A senhora ao lado não sabia se ajudava ou se saía correndo da família atrapalhada… Daí vem a dica número 01: mesmo com crianças maiores, sempre vale a pena levar uma troca na mala de mão, não somente para eles, mas para a mamãe também! E a dica número 02: termômetro, antitérmico e analgésico também na mala de mão.

Bom, a partir desse momento meu foco mudou totalmente – eu que chegaria, relaxaria e trabalharia… já comecei no esquema de tirar a febre de um, dar banho em outro, mandar whatsapp para pediatra. E no dia seguinte chegavam todos os convidados que vinham passar o Carnaval com a gente. Já me senti super aliviada porque uma das minhas amigas que vinha era médica – ufa!, qualquer coisa ela poderia examinar os meninos (coitada, que “beleza”de feriado). Tudo isso para chegarmos à dica número 03: o “kit sobrevivência” deve estar sempre em dia! Para montar a “farmacinha”, pedi uma lista a nossa pediatra com os medicamentos básicos que devemos ter em casa sempre e aqueles que devemos levar nas viagens. Então minha sugestão é que todas as mamães peçam essa lista aos pediatras de seus filhotes. Outra dica é que se seu filho utiliza algum medicamento que necessite de prescrição médica, nem todas as receitas são válidas fora do estado em que foram emitidas – então é melhor já comprar de uma vez.

kit-farmacia-viagem-criancas

Bom, para completar o cenário, todas as crianças que chegaram acabaram pegando a gripe/virose dos meus filhos. E a cada minuto aparecia alguém correndo no corredor pegando água, perguntando se a outra tinha tal coisa que o pediatra estava pedindo… Mas por sorte todos melhoraram rápido… Minha amiga doutora nunca imaginou que fosse trabalhar tanto, coitada.

E a última dica de hoje: depois que você se transforma em mãe prepare-se para as situações mais inesperadas… Eu já fui ao Pronto Socorro de vestido longo e maquiada (estava saindo para um casamento), já apareci no mesmo PS de pijama e de roupa do lado avesso… E como diz minha avó – “as crianças em um instante estão pelando e no outro já estão pulando”.

Patricia Fava é mãe do Guto, 9, e do Gui, 5. Além de ser a rainha do lar, Patricia também comanda a loja de bebês e crianças The Posh Little Store. Revezando-se com sua amiga e sócia, Débora Ortenblad, dividirá um pouco de suas experiências na maternidade aqui na coluna Posh Moms.

2 Comentários

  1. Daniela 19 de março de 2014

    Patricia adorei as dicas.

  2. Amanda Agapito 21 de março de 2014

    Adorei as dicas práticas e bem humoradas a partir de uma situação tão delicada com os filhotes! Parabéns pela coluna.. virei mais fã ainda!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *