Casamentos Casa & Decor 15 anos

Tags

Posts encontrados com a tag alimentação

Navegue como ou

Os perigos de acrescentar açúcar e sal na papinha do bebê

Quem não gosta de uma comidinha bem temperadinha e um suco bem docinho??? Por gostarmos tanto, muitas vezes achamos que um pouquinho de açúcar e sal na alimentação infantil será inofensivo para saúde do bebê. Ainda mais porque, no início, quando os adicionamos às papas pode parecer que o bebê está realmente satisfeito e apreciando a comida. Mas, tenha muito cuidado, porque essa prática pode trazer malefícios à saúde e prejudicar as preferências alimentares a longo prazo. Vem ver os perigos de acrescentar açúcar e sal na papinha do bebê: SEM SAL E AÇÚCAR...  Açúcar e sal são dois dos temperos realçadores de sabor e achamos que sem eles nossa dieta não é completa e muito menos prazerosa. Uma coisa que sempre falo em minhas consultas e orientações é que o bebê não conhece nem o sal e nem o açúcar. Quem os apresenta e quem os vicia somos nós, os adultos por acharmos que a comida ficará muito mais gostosa. Como os pequenos são muitos espertinhos: uma vez apresentados a esse mundo, eles acabam preferindo sucos e papas de frutas mais docinhos e papinhas mais salgadas. Na verdade, você não deve adicionar qualquer pitadinha de sal ou açúcar ao alimento do seu bebê, até que pelo menos tenha 1 ou 1½ anos de idade. E se puder retardar por mais tempo essa adição: melhor ainda. Quando o assunto é alimentação infantil, percebo que a maioria dos pais se preocupam muito com a adição de açúcar e se esquecem do sal. Não se engane, tanto um quanto o outro são...
Leia mais

Diga não aos corantes artificiais na alimentação do seu filho

Atualmente, falar em uma alimentação isenta de corantes é bem difícil, já que são adicionados à grande parte dos alimentos. Você, em algum momento, já parou para pensar na quantidade de corantes artificiais que seu filho ingere por dia? O número pode ser assustador já que estão presentes: em balas, refrigerantes, sucos artificias, bolachas, biscoitos, cereais, gelatinas e muitos outros alimentos. Afinal, será que essas substâncias podem fazer mal à saúde das crianças? Entendendo o que tem por trás da cor dos alimentos Os corantes artificiais são substâncias que quando adicionadas a um alimento, têm a finalidade de modificar sua cor ou acentuar a que ele possui. Estão presentes em muitos alimentos de origem industrializada como: biscoitos, sorvetes, bolos, massas e bebidas. A indústria alimentícia visando atingir com maior impacto o público infantil, busca de uma maneira bem ostensiva desenvolver produtos com aparência idêntica aos naturais, de modo que, aos olhos do consumidor, tornem-se extremamente atrativos e facilmente aceitáveis na hora da compra. Corante Artificial Esse tipo de corante é obtido a partir de produtos químicos e conferem maior durabilidade aos alimentos. Não possuem nenhum valor nutricional e servem apenas para colorir e dar uma melhor aparência aos alimentos que ou não tem cor ou a perde durante o processo de fabricação. Quando ingeridos em excesso ou mesmo em pequenas quantidades, a longo prazo, podem desencadear reações alérgicas, dificuldades respiratórias, irritações gástricas, problemas de pele, hiperatividade e câncer. Um exemplo é o uso de corante em gelatina, sucos e refrigerantes sabor fruta. Estes não seriam nada atrativos se não...
Leia mais

No Ninho: Carla Palermo + Alice

Sempre de malas prontas, a dupla do nosso No Ninho de hoje tem passaporte carimbado. Carla e Alice adoram viajar, e não seria diferente. À frente da empresa NovaSafari, Carla é expert em criar roteiros de viagens personalizados para famílias. Aproveitamos uma tarde ao lado delas, tudo registrado pelas lentes da querida fotógrafa Isabel Becker, para bater um papo longo com a mãezona, que falou sobre maternidade, rotina do sono e, claro, deu boas e valiosas dicas na hora de planejar a mala e a viagem! Vem ver: - COMO ESTAVA SUA VIDA NO MOMENTO DA GRAVIDEZ? Super agitada, foi um ano de muito trabalho, muitas viagens. Na verdade eu estava às vésperas de uma nova viagem e fiquei um pouco apreensiva se deveria mudar os planos. Mas meu médico é sensacional, me deixou super segura e continuei viajando durante toda a gestação. Até para a África eu fui! - VOCÊ SE PREPAROU DE ALGUMA FORMA PARA O PARTO, FEZ ALGUMA COISA QUE TE AJUDOU? Sempre tive uma preocupação muito grande com alimentação, então não precisei mudar muita coisa nos meus hábitos, só passei a consumir mais alimentos com cálcio e ferro, e tomei algumas vitaminas que meu médico receitou. Fiz drenagem, acupuntura, yoga e natação, estas até o penúltimo dia! - COM FOI VOLTAR AO TRABALHO? O começo é uma loucura! Voltar ao trabalho com um bebê recém-nascido em casa não é fácil! Todo nosso foco e nossa energia estão voltados para o bebê, e não é algo que você faz racionalmente, é totalmente instintivo. Sair desse mundo...
Leia mais

No Ninho: Ana Paula + Laura e Angelina

O No Ninho de hoje traz um trio muito querido. A chef Ana Paula Carrazza, da Fleur de Sucre, abriu as portas de sua casa para uma tarde de fotos e muita brincadeira ao lado das filhas Laura e Angelina. A Carla D'Aqui, que já é a fotógrafa oficial da família, fez cliques lindos e de muito amor entre as irmãs. Aproveitamos o encontro para bater um longo papo com a mãezona, que mostrou que a disciplina que tem na cozinha de seu negócio foi, talvez sem querer, a escola para ser uma boa mãe. Vem ver como ela preparou a Laura para a chegada da Angelina, o que aprendeu com a maternidade e como foi voltar ao comando de sua empresa de bolos e docinhos para festas e casamentos. Vem ver as dicas dela: QUANDO DESCOBRIU QUE ESTAVA GRÁVIDA PELA PRIMEIRA VEZ, O QUE PASSOU NA SUA CABEÇA?  Na primeira vez, estava tentando engravidar fazia uns meses e naquele mês, minha menstruação não desceu no dia previsto. Fiz o teste à noite, no mesmo dia. Quando apareceu aqueles dois pauzinhos, entrei em pânico. Chamei meu marido e ficamos lendo as instruções para ver se estava certo mesmo. Bom, naquela noite não dormi, pensando em como minha vida mudaria, o que seria daqui pra frente, em como eu contaria para todos... Até você se acostumar, a palavra que define é pânico rs! VOCÊ SE PREPAROU DE ALGUMA FORMA PARA O PARTO?  Não fiz muita coisa não. Gostaria de ter feito mais, mas acho que como me sentia muito bem e disposta,...
Leia mais

3 opções de café da manhã infantil por idade

Na hora de preparar o café da manhã dos pequenos, diversos fatores precisam ser levados em conta. Entre eles, faixa etária e fase de desenvolvimento são dois dos principais. A nutricionista da Mãe Terra, Tatiana Barão, compartilhou com a gente três opções saudáveis de café da manhã infantil por idade. Vem ver como deixar as manhãs dos pequenos balanceadas e mais saborosas: PARA CRIANÇAS DE 3 ANOS 1 copo pequeno de suco do Hulk (maracujá, laranja, limão, couve, castanha do pará) + 1 tigela pequena de creme de frutas vermelhas com extrato de soja (banana, morango, amora) + 2 colheres de sopa de granola infantil de cacau. O suco do Hulk é uma forma saborosa e lúdica de acrescentar vegetais e castanhas na alimentação da criança. Os cremes de frutas são ótimas alternativas aos iogurtes industrializados, e por conterem o extrato de soja, fornecem proteínas, ferro, cálcio e ômega-3. São práticos de fazer e adequados para crianças menores, por serem cremosos, coloridos e fáceis de comer. A granola estimula a mastigação e garante fibras, vitaminas e minerais ao café da manhã, fornecendo menos açúcar em comparação aos cereais matinais convencionais. PARA CRIANÇAS DE 5 ANOS 1 copo de leite vegetal (aveia, castanha, quinua, soja ou coco) batido com banana, sementes de girassol e cacau em pó + 1 tigela média de frutas picadas (morango, mamão e manga) + ½ xícara de chá de granola infantil original. O cacau em pó fornece ferro, fibras e proteínas, além de conferir o sabor e aroma de chocolate tão apreciado pelos pequenos. A semente...
Leia mais

Coloque mais cor na alimentação do seu filho

Tenho certeza que alguma vez na vida você ouviu que deveria colocar no prato pelo menos cinco cores diferentes de alimentos. Parece papo chato de médicos e nutricionistas. Mas, você sabe realmente qual é a importância de cada cor na alimentação do seu filho? Longe de ser um problema estético, as cores dos alimentos possuem funções diferenciadas e específicas para saúde das criança. Confira o que cada uma tem para oferecer e diversifique o cardápio. [table id=2 /] Espero que agora, depois de saber a importância das cores na alimentação, o pratinho do seu filho vire um verdadeiro arco-íris. (Fotos: reprodução/Gimme More Over) [author] [author_image]http://babies.constancezahn.com/wp-content/uploads/sites/2/2013/02/heloisa-pacheco-03.jpg[/author_image] [author_info]Heloísa Tavares é nutricionista graduada pelo Centro Universitário São Camilo, especialista em pediatria clínica pelo Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da FMUSP, graduada em pedagogia na Faculdade de Educação da USP e atua há mais de 10 anos em consultório junto à Clínica Len de Pediatria. Contato: helotavares@terra.com.br.[/author_info]...
Leia mais

Como a dieta paleolítica pode ajudar na formação dos hábitos alimentares do bebê

Um tema que está se tornando muito comum nas rodas de conversas do mundo fitness e nos meios de comunicação é a Dieta Paleolítica. Quando ouvimos pela primeira vez a respeito de tal dieta, automaticamente pensamos nos homens primatas que moravam nas cavernas. Será que a dieta de nossos ancestrais é saudável e pode ser usada nos dias de hoje? Será que esse tipo de alimentação traz benefícios para a saúde meu bebê? DIRETO DO TÚNEL DO TEMPO: entendendo a essência da polêmica Dieta Paleolítica Apesar de ter conquistado popularidade recentemente e tendo como maior mentor o professor da Universidade Estadual do Colorado (EUA) Loren Cordain, tal teoria surgiu em um estudo publicado em 1985 no The New England Journal of Medicine. O artigo cientifico argumentava que o genoma humano não teve tempo de se adaptar a alimentos que não faziam parte da nossa dieta antes do advento da agricultura. Segundo seus defensores, a dieta ideal para o homem é aquela praticada pelos nossos ancestrais pré-históricos. Ou seja: devemos comer apenas aquilo que poderíamos caçar, matar, colher ou tirar da terra, como um homem das cavernas. O homem está na Terra há mais de 2 milhões de anos e a agricultura foi desenvolvida há menos de 10 mil anos, o que corresponde a apenas 0,5% do tempo da nossa existência. A agricultura, portanto, é muito recente do ponto de vista evolutivo, e é evidente que estamos geneticamente adaptados à alimentação do período paleolítico, e não à atual. No período paleolítico, os fatores geográficos eram determinantes e diversas dietas eram...
Leia mais

No Ninho: Bruna Tamer + Thomas

O No Ninho desta semana está com bochechas e sorrisos para dar e vender. A dupla da vez é Thomas, de sete meses, e Bruna Tamer, mãezona de primeira viagem. Casada com o fotógrafo Roberto Tamer, que assina os cliques deste ensaio, ela nos contou o que tem dado certo no dia a dia do pequeno, como foi tomar a decisão de dar um stop na carreira para ser mãe em tempo integral, e as principais mudanças que o Thomas trouxe para a sua vida. Vem ver como é um dia de farra na família Tamer! COMO FOI A GESTAÇÃO DO THOMAS? "Logo que descobri que estava grávida, tive um sangramento que me deixou muito preocupada. Depois disso foi bem tranquila, não tive enjoos, tonturas e desejos. Com aproximadamente quatro meses, passei a ter enxaquecas - sempre tive, mas durante a gestação não podia tomar o medicamento que estava acostumada -. As crises me levavam direto ao pronto socorro, quase fiquei internada. Só foram passar aos sete meses. Dali para frente curtir sem preocupação o fim da gravidez." VOCÊ OPTOU POR DEIXAR SEU EMPREGO PARA SE DEDICAR AO THOMAS. QUAIS AS CONSIDERAÇÕES QUE FEZ PARA DECIDIR? "Não estava 100% satisfeita na minha profissão e o Thomas foi o empurrão que faltava para tomar a decisão de não voltar a trabalhar neste momento. Antes da maternidade, julgava facilmente as mães que tinham feito essa escolha, mas hoje, vejo que nada é tão simples. Sempre achei que voltaria sem problemas e colocaria ele em um berçário, fácil assim. Mas definitivamente, quatro meses de licença-maternidade não...
Leia mais

A alimentação do Otávio e do Miguel

Oi, mamães! Hoje vim contar para vocês sobre a alimentação do Miguel e do Otávio. Muitas pessoas têm me perguntado no Instagram (@mariarudgealbuquerque) como preparo o pratinho dos meninos e o que eles comem, por isso, vim contar para vocês! Quando eles estavam com 7 meses, eu comecei a acrescentar um suco e uma fruta, tudo bem amassadinho, para eles irem se acostumando... Com 8 meses, quando começaram a estimular a mastigação, introduzi alimentos um pouco mais sólidos, como sopas, que no início eram bem líquidas e com o tempo foram ficando pastosas, sempre incluindo verduras e legumes. Eles nunca me deram problema para comer, o Otávio foi mais fácil que o Miguel, mas lógico que cada um tem o dia de não querer muito ou querer comer mais, até nós somos assim. O pediatra disse que é normal e que é importante respeitar o tempo do bebê, não forçar. A gente insiste um pouquinho, porque as vezes eles estão com preguiça, mas não forçamos. Eu procuro fazer pratos bem saudáveis e coloridos para incentivar eles, mas sempre respeitando o limite de cada um. Com o tempo, nós começamos a sentir o que eles gostam mais ou menos. ( O Otávio é louco por strogonoff! ) | Foto: Instagram @mariarudgealbuquerque Os meninos costumam comer arroz, feijão e uma carne ou frango. Uma vez por semana, eu faço peixe e duas vezes por semana, ovo. E sempre tem alguma verdura ou legume também: cenoura, brócolis, espinafre etc. De sobremesa, uma frutinha. Mas deixo eles comerem doce de vez em quando também, geralmente,...
Leia mais

Alimentos inteligentes para melhorar o desempenho escolar do seu filho

O ano escolar começou de verdade e as provas já estão chegando. Decorar texto, a tabuada, fórmulas matemáticas e datas históricas parecem tarefas difíceis quando a criança, por uma alimentação deficiente e o cansaço do dia a dia, pode apresentar um déficit de memória prejudicando dessa forma seu rendimento escolar. Os alimentos indispensáveis para que o cérebro do seu filho fique mais ativo e que memorize melhor as matérias são alimentos que possuem ômega 3, que é o principal componente das células nervosas e que facilita a comunicação entre as células nervosas (neurônios), melhorando dessa forma a memória. Além desses, as frutas cítricas e ricas em licopeno, também protegem as células nervosas, evitam o esquecimento e facilitam a memorização. Para que seu filho tenha um bom desempenho, listei alimentos que os chamei de Alimentos Inteligentes, que são as principais fontes dessas substâncias: ALIMENTOS SUPER INTELIGENTES SALMÃO Entre as carnes e os pescados, o salmão é uma das maiores fontes de ômega 3. Por isso, tem um grande potencial para melhorar o desempenho cognitivo e o funcionamento do cérebro para gravar informações. CARNE DE FÍGADO Uma das principais fontes de vitamina B12 é a carne de fígado bovino, mas ela também pode ser encontrada em carne de porco, ovos, ostra e leite. A vitamina B12 é um dos compostos indispensáveis para a formação do sangue, o bom desenvolvimento do sistema nervoso e na prevenção de doenças do coração e do cérebro, como o derrame. Tudo isso influencia para uma memória saudável, sem lapsos. Importante salientar que não se pode adicionar...
Leia mais