Casamentos Casa & Decor 15 anos
Topo

Navegue como ou

Selo do Inmetro passa a ser obrigatório em cadeirão e multa chega a R$ 1,5 milhão

Depois dos berços, chegou a hora do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) aumentar a fiscalização dos cadeirões de crianças. A partir de fevereiro de 2016, o selo do Inmetro passa a ser obrigatório em cadeirão do tipo alta, com ou sem bandeja, e cadeiras de encaixe em mesas. Os modelos que se transformam em outros itens, como cadeira baixa, andador, carrinho, balanço e bebê conforto também precisam da certificação.

Com a medida, papais e mamães têm a garantia de que o produto foi “aprovado em questões ligadas à segurança, como o cinto, estrutura e estabilidade, fechamento da cadeira durante o uso, e a presença de materiais que possam ser tóxicos”, segundo o Inmetro.

A medida prevê multa alta para o comerciante que descumprir a nova recomendação. Como eles tiveram 36 meses para se adaptar às normas de segurança exigidas pelo Inmetro, o valor pode chegar a R$ 1,5 milhão. O papai que presenciar alguma irregularidade pode denunciar à Ouvidoria do Inmetro, pelo telefone 0800 2851818.

como-escolher-cadeirao

(Foto: reprodução)

Veja também: Inmetro aumento regras de segurança para berços e proíbe grades móveis

E mais: Calendário de vacinação infantil sofre mudanças em 2016

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *