Casamentos Casa & Decor 15 anos

Blog

Exibindo página 836 de 850

Navegue como ou

3. Encontro Silmara Gestante

Quando disse que estava “embarcando” nesse universo (de babies & kids), não estava de brincadeira!rs Semana passada, fui até a um evento organizado pela loja Silmara Bebê para gestantes!

O evento foi muito legal! Se eu que não estou grávida nem nada gostei, imagino as futuras mamães!!rs

A primeira palestrante foi Olivia Bernardes, da Marinheira de Primeira, que dá curso de primeiros cuidados com o bebê.

Olivia abordou vários pontos, como:

o enxoval para a maternidade (“as maternidades pedem 6 conjuntos“)
como lavar a roupinha do bebê (“lavar antes de nascer, em água corrente com sabão de côco, Ola Baby…  nunca usar OMO, amaciante, goma“)
o enxoval do bebê em casa (“6 bodies está ótimo; 3-4 macacões de cada tipo: plush, malha, linha…; meia é a coisa mais prática do mundo mesmo com macacão com pézinho“)
banho (“preparar o ambiente, sem ar-condicionado e deixar tudo à mão – toalha, sabonete, etc – ; 3 dedinhos de água; temperatura entre 26º-36ºC; medir a temperatura com o cotovelo e não com a mão ou então com termômetro; 1 banho por dia; banho é relaxante a ajuda a criar uma rotina para o bebê, que é uma coisa importante depois do 1º mês“)
contratação de babá / enfermeira (“peça para ver carteira de trabalho e desconfie de mudanças de estado ou longos períodos sem trabalho; pergunte se é casada, se tem filhos e o nome do marido e dos filhos, onde eles traballham; pedir referência detalhada de 2-3 trabalhos anteriores e ligar mesmo; enfermeira leva uniforme e para babá nós temos que dar o uniforme; não deve usar perfume para não dar irritação no bebê;  usar unhas curtas e esmalte clarinho“)

Isso tudo (e algumas outras coisinhas) foram passadas de uma maneira tão tranqüilizadora…! Acho que o curso mesmo (porque a palestra foi só uma amostrinha) deva ser de grande ajuda para as mamães!

A segunda palestrante foi a enfermeira obstetra, Kelly P. Coca, da Menu Materno, que falou sobre a amamentação.

Kelly passou orientações básicas de amamentação, como o posicionamento correto da mãe e do bebê (para que ele mame direito, para que não machuque o peito…), cuidados pré- e pós-amamentação, o sutiã ideal para essa fase, entre outras coisas.

A Menu Materno dará um Curso técnico e prático de preparo para amamentação no dia 15/05, das 13h às 19h, em Perdizes (para mais informações: (11) 3676-0416)

E fiquem de olho na programação de eventos da Silmara Bebê pelo blog dela! Vale a pena!

Festa das cores

As cores (muitas e vivas!) foram a inspiração para esta decoração assinada pela Happy Happenings.

Na mesa de doces, tintas, pincéis, lápis de cor, aquarelas… para pintar comer! Os marcadores de lugares para as crianças eram cadeirinhas com mini lápis de cor. As lembrancinhas eram kits criativos, compostos de giz de cera, massinha de modelar, tesourinha, tintas. Uma festa de aniversário toda pensada para estimular o lado artístico dos pequenos – não importa se meninos ou meninas.

Fotos: Kit Gaion

Nana, nenê

Queridas,

Vou dividir com vocês uma angústia que vivi por sete meses, e que foi mais fácil de solucionar do que eu imaginava.

Logo que sai da maternidade, como uma boa dorminhoca, já passava dias imaginando a noite que minha pitica iria esticar, pelo menos, 6 horas de sono.
 Perguntava para todo mundo à minha volta, e recebia as respostas mais otimistas possíveis: “Ah! Meu filho dorme da meia noite às seis desde o segundo mês“. 
Fiquei esperançosa! Pelas estatísticas, meu martírio estava perto do fim.

Ledo engano!! Os meses foram se passando e nada da Carolina esticar sequer quatro horinhas. Eu ficava desesperada, no dia seguinte acordava com olheiras no meio da bochecha! Que ser humano agüenta essa situação por muito tempo??

Foi quando meu pediatra falou: “Eu não consegui fazer com meus filhos, mas a técnica de deixar chorar funciona!” e me indicou o livro “Nana, Nenê” que tem toda uma metodologia para aplicar a técnica.

Separamos um feriado, afinal o livro fala que, na grande maioria, os bebês já passam a dormir a noite toda depois de 3 dias.
 E lá fomos nós para a “balada da Carolina”. Eu e meu marido ficamos na sala, ao lado do quarto dela, com um relógio na mão e o livro na outra. Aliás, sugestão: não façam sozinhas. É duro não sucumbir depois de horas de choro. Você se acha a mãe mais cruel do mundo!

Resumo da história: primeira noite, chorou direto por 1 hora; segunda noite, chorou 30 minutos; terceira noite, 5 minutos; e na quarta, FINALME NTE DORMIU A NOITE TODA!
 E melhor: PARA SEMPRE!

Foi dificil, mas a vida mudou! Tanto a nossa, quanto a da pequena. Ela passou a ficar muito mais disposta durante o dia com os sonos regulares.

(o livro: Nana, Nenê – Como resolver o Problema de Insônia de seu Filho-  Sylvia De Bejar /Eduard Estivill)

Beijos,

Celina.

Mamãe a bordo