Casamentos Casa & Decor 15 anos

Navegue como ou

No Ninho: Carla Palermo + Alice

Sempre de malas prontas, a dupla do nosso No Ninho de hoje tem passaporte carimbado. Carla e Alice adoram viajar, e não seria diferente. À frente da empresa NovaSafari, Carla é expert em criar roteiros de viagens personalizados para famílias. Aproveitamos uma tarde ao lado delas, tudo registrado pelas lentes da querida fotógrafa Isabel Becker, para bater um papo longo com a mãezona, que falou sobre maternidade, rotina do sono e, claro, deu boas e valiosas dicas na hora de planejar a mala e a viagem! Vem ver:

No ninho, Isabel Becker, Carla Palermo, Ensaio

– COMO ESTAVA SUA VIDA NO MOMENTO DA GRAVIDEZ?

Super agitada, foi um ano de muito trabalho, muitas viagens. Na verdade eu estava às vésperas de uma nova viagem e fiquei um pouco apreensiva se deveria mudar os planos. Mas meu médico é sensacional, me deixou super segura e continuei viajando durante toda a gestação. Até para a África eu fui!

– VOCÊ SE PREPAROU DE ALGUMA FORMA PARA O PARTO, FEZ ALGUMA COISA QUE TE AJUDOU?

Sempre tive uma preocupação muito grande com alimentação, então não precisei mudar muita coisa nos meus hábitos, só passei a consumir mais alimentos com cálcio e ferro, e tomei algumas vitaminas que meu médico receitou. Fiz drenagem, acupuntura, yoga e natação, estas até o penúltimo dia!

No ninho, Isabel Becker, Carla Palermo, Ensaio

– COM FOI VOLTAR AO TRABALHO?

O começo é uma loucura! Voltar ao trabalho com um bebê recém-nascido em casa não é fácil! Todo nosso foco e nossa energia estão voltados para o bebê, e não é algo que você faz racionalmente, é totalmente instintivo. Sair desse mundo mãe e voltar ao mundo profissional foi um esforço tremendo, mas por sorte tenho meu negócio e pude fazer um horário mais flexível. Isso é um privilégio. E hoje acho maravilhoso sair pra trabalhar e depois voltar pra casa pra ficar com minha filha. Me sinto realmente completa e realizada. E exausta, claro!! Rs!

– NO QUE MAIS A ALICE TE SURPREENDE?

Na sensibilidade que ela tem pra perceber coisas, sentimentos, medos, ansiedades… Nunca imaginei que eles tivessem tanta consciência tão cedo. E também na desenvoltura que ela tem pra se comunicar, desde bem pequena ela consegue se expressar com muita facilidade.

No ninho, Isabel Becker, Carla Palermo, Ensaio

– COMO É A ROTINA DELA?

Ela acorda e trago ela pra nossa cama, ficamos curtindo juntos aquela preguiça da manhã por uns 15/20 minutoss (- uma delícia!). Depois, tomamos café da manhã juntos. Alice dorme uma horinha por volta das 11h. Acorda, almoça, toma banho e vai pra escola. Busco ela e voltamos pra casa. Esse momento é uma delícia, ela conta o que fez, canta músicas. Esse é o meu momento com ela: brincamos, dou jantar e banho. Depois conto uma história e coloco pra dormir.

– ALGUMA DICA QUE FUNCIONOU PARA CRIAR UMA ROTINA DO SONO?

Escalda pé + historinha + mantras + massagem! Essa á minha formula secreta!! Alice nunca foi uma criança muito dorminhoca, é super agitada e demora pra desligar. Então fui tentando criar um ritual, a partir de dicas de amigas e coisas que fui lendo: Trago ela pro quarto, coloco os pezinhos dela em um balde de água morna (muitas vezes ela acaba entrando inteira na agua!). Depois, coloco pijama e já baixo a luz. Conto uma historinha, ela vai pro berço e coloco mantras pra ela ouvir (fiz uma seleção no spotify e ela adora).

Faço massagem nos pezinhos e nas mãozinhas. Normalmente, ela pega no sono durante a massagem. Costuma funcionar, mas não dá pra dizer que é infalível. Com criança, cada noite é uma noite. Está aí uma conquista que não é definitiva: não tem um dia que você fale: pronto, aprendeu a dormir.

No ninho, Isabel Becker, Carla Palermo, Ensaio

– QUAIS RECURSOS RECORRE NA HORA DE BRINCAR?

Aqui em casa sempre teve muito livro, muita música, brinquedos de madeira, de encaixe, lápis, papel, massinha. Tento trazer essa coisa mais orgânica, mais manual pra rotina dela. Uma coisa que acho super bacana é o “cesto dos tesouros”, que é basicamente um cesto que você coloca objetos (não brinquedos) pra criança explorar de forma mais criativa. Acho legal, pois incentiva a criança a “criar a brincadeira”, não é um brinquedo pronto que ela aperta e assiste. O estímulo parte da criança e não do brinquedo/objeto. Aprendi na escola dela e adotei em casa também.

– COMO E ONDE VOCÊ FEZ O ENXOVAL? PODE DAR UMA BOA DICA PARA AS MÃES QUE ESTÃO COMEÇANDO A PLANEJAR OS SEUS?

Fiz nos Estados Unidos, mas não pirei. Peguei uma lista de algumas amigas minhas, sentei na frente do computador, entrei no site da Carters e da Gap e foi na matemática, tipo planilha de Excel. Uma dica: compre pouca roupa. Eles crescem muito rápido e não dá tempo de usar. Tente ser o mais racional e prática possível e seguir a risca a lista que você tiver em mãos. Sem falar que você vai ganhar muitos presentes…

No ninho, Isabel Becker, Carla Palermo, Ensaio

– O QUE COMPROU E USOU/USA MUITO? E O QUE NUNCA USOU?

Sabe que eu usei muito uma coisa que parece boba, mas foi ótima: uma almofadinha de camomila que comprei na Weleda. Colocava ela no microondas pra ficar bem quentinha e aliviava a cólica da Alice. Um item super baratinho e bem útil.

– SE VOCÊ PUDESSE ESCOLHER O PRODUTO QUE MAIS TE AJUDOU/AJUDA, QUAL SERIA ELE?

Colic Calm! é um produto fitoterápico para cólicas, que vende nos EUA.

No ninho, Isabel Becker, Carla Palermo, Ensaio

– ALGUM PRODUTINHO DE BELEZA QUE DEU CERTO COM A ALICE?

Adoro o óleo de massagem da Mustela, tem um cheirinho ótimo e é bem gostoso pra fazer massagem neles.

– QUAIS MARCAS DE ROUPAS VOCÊ RECOMENDA?

A Mini Boden tem as roupinhas mais lindas. E aqui no Brasil eu amo a It Babies e a Luca + Jack que são super estilosas!

No ninho, Isabel Becker, Carla Palermo, Ensaio

– COMO VOCÊ TRABALHA COM VIAGENS, QUAIS DICAS PODE DAR SOBRE PLANEJAMENTO, CUIDADOS ESPECIAIS OU MESMO DOS ITENS BÁSICOS E PRÁTICOS PARA SE LEVAR EM QUALQUER VIAGEM?

Tem sempre que levar a farmacinha completa. Mas além disso, gosto de levar umas comidinhas pro avião: papinhas da Papa Baba, Bolachas de arroz, uva passa, granola.
No avião, tenha sempre 2 trocas de roupa pro bebê e 1 troca de roupa pra você, pode acontecer algum “acidente”.

No ninho, Isabel Becker, Carla Palermo, Ensaio

Estas são algumas coisas que adoto e funcionam pra mim no planejamento da viagem:

Não queira fazer todas as programações que você faria se estivesse viajando sem crianças. Vai ser impossível e pode virar uma frustração. Adote o estilo “slow travel” e quem sabe você pode até gostar de fazer tudo com mais calma!
– Tente sempre incluir um parque, praia, lugar ao ar livre em um pedaço do dia. Leve uma canga na mochila e pronto, aproveite pra relaxar enquanto seu filho corre e brinca.
– Mesmo que no dia a dia você seja rigorosa com horários, em viagens relaxe! Querer dar almoço às 12h em ponto pode virar um stress pra todo mundo. Prefira dar uma mamadeira fora de hora e curtir uma refeição em família num restaurante gostoso mais tarde, se for o caso. (até porque não vai dar pra jantar fora toda noite, então capriche nos almoços!)
– Tente levar livros ou coisas que façam parte da rotina de dormir do seu filho, eles costumam ficar mais agitados fora de casa e é legal ter esses objetos/rituais para ajudá-los a entender que mesmo fora de casa também tem uma rotina.
– Se você vai pra praia, tem uma dica sensacional! Leve sempre talco e quando chegar na hora de tirar o biquíni/sunga molhado pra colocar a roupinha, seque o pequeno com a toalha e depois passe talco no corpinho dele todo. A areia sai TODA! Seu filho fica limpinho, cheiroso e sequinho na praia. Alice sempre dorme nessa hora e eu ganho umas horinhas tranquilas pra mim!

No ninho, Isabel Becker, Carla Palermo, Ensaio

(Fotos: Isabel Becker)

Veja também: Dicas de uma professora de shantala

E mais: Ser mãe de trigêmeos é?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *