Casamentos Casa & Decor 15 anos

Mães

Navegue como ou

Agosto Dourado: 20 vantagens da amamentação para bebês e mães

Após sancionada a lei pela Presidência da República, no dia 12 de abril de 2017, Agosto passou a ser o mês do aleitamento materno, um mês inteirinho pró – amamentação. Uma das intenções do projeto “Agosto Dourado” é intensificar ações de conscientização e esclarecimento sobre a importância do aleitamento materno. “Hoje, as famílias estão muito mais conscientes dos benefícios e das vantagens da amamentação, se comparado com as gerações passadas. O leite materno é muito superior a qualquer outro leite ou fórmula artificial e é o alimento mais perfeito e completo da natureza”, explica médica pediatra dra. Gabriela Ochoa, que reuniu para nós as vantagens da amamentação para o bebê e para a mãe. Mas antes das dicas, vale lembrar que a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Ministério da Saúde (MS), a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Academia Americana de Pediatria (AAP) preconizam o aleitamento materno exclusivo até os 6 meses e complementado até os 2 anos ou mais. Vantagens da amamentação para o bebê : Fortalecimento do sistema imunológico (a mãe passa anticorpos através do leite, fortalecendo o sistema imune do bebê). Proteção contra diversas infecções, como as respiratórias, otite (ouvido), intestinais, dentre outras. Proteção contra anemia (graças a presença e boa absorção do ferro). Diminuição do risco de desnutrição. Diminuição do risco de contaminação. Diminuição do risco de alergias (alergias alimentares, dentre elas a alergia à proteína do leite de vaca). Proteção contra diarreia. Fortalecimento dos músculos da face e boca, evitando problemas na fala e dentição. Contribuição para o desenvolvimento da criança (cognitivo e...
Leia mais

No Ninho: Fernanda + Thábata e Vitor

Todo mundo conhece alguém que “nasceu para ser mãe”, que sonhou como plano de vida casar e construir uma família. E a mãe do No Ninho de hoje é uma delas. A artista plástica Fernanda Tamanaha, mãe da Thábata, 11 anos, e Vítor, 6 anos, é daquelas mãezonas DIY que faz para os filhos: brinquedos, fantasias, jogos, oficinas... E foi na casa dela que passamos um dia ao lado da fotógrafa Mel Albuquerque, que registrou todos os detalhes, inclusive um passo a passo que fez com os pequenos (que está neste link). Em um longo bate-papo, Fernanda nos contou suas impressões sobre a maternidade, as dificuldade do dia a dia e as surpresas do caminho, que mesmo para ela, que “nasceu para ser mãe”, não foram fáceis. Vem ver: COMO FOI O COMEÇO? COMO É TER UM BEBÊ EM CASA? Em ambas as vezes, meu marido foi muito importante. E acho que o processo foi “tranquilo” em ambas as situações, justamente porque ele estava comigo. Na primeira vez, ele conseguiu me ajudar mais, então dividíamos as tarefas, revezávamos em levantar de madrugada... Quando o Vitor chegou, ele conseguiu me ajudar um pouco menos. Mas eu já estava mais segura também. AMBAS AS GESTAÇÕES FORAM PLANEJADAS. VOCÊS SEMPRE QUISERAM DOIS FILHOS? No começo o André, meu marido, não queria um segundo filho. Por ele, ficaríamos só com Tháta. Por mais que entendesse o lado de ele, das dificuldades práticas e financeiras, eu queria. Para mim, que cresci com irmãs e perdi minha mãe, acredito que deva ser muito difícil “ficar sozinho”....
Leia mais

Os cosméticos permitidos e proibidos durante a gravidez

Os cuidados com higiene e hidratação da pele podem (- devem) continuar normalmente durante a gravidez. As ressalvas para o período ficam por conta dos cosméticos escolhidos. Para tirar as dúvidas e entender quais as opções liberadas para serem utilizadas na gestação, conversamos com o dermatologista da maternidade Pro Matre Paulista, Jayme Oliveira Filho. Vem ver as dicas do médico. Por definição, os produtos cosméticos e de higiene corporal são substâncias que se destinam a limpar, perfumar, proteger, manter em bom estado, corrigir os odores corporais e modificar o aspecto exterior. Jayme explica que em primeiro lugar, a gestante deve seguir a orientação dermatológica de seu médico para manter-se protegida e hidratada e para minimizar os efeitos fisiológicos oriundos da gestação. “É importante que a grávida tenha cuidado com o uso tópico de ácido retinóico, ácido salicílico, ureia acima de 3%, formol e outros que não são cosméticos”, conta Jayme. O mau uso destes produtos pode acarretar problemas para a gestante e para o feto. Em casos extremos, pode ocorrer má formação fetal e indução de alguns tumores até malignos. “Embora bem raros, é preciso ficar atenta”, ressalta. Sobre o cabelo, o ideal é evitar tinturas e descolorações. “Elas até podem ser realizadas desde que o obstetra não contra indique por algum motivo. Caso a gestante opte por realizar químicas nos cabelos, o ideal é aguardar os três primeiros meses e aplicar o produto longe da raiz”. O médico afirma que as tinturas mais seguras são os tonalizantes e os cosméticos de uso geral. “Se forem classificados como cosméticos e/ou dermocosméticos...
Leia mais

Blog com looks para mães e filhas estilosas

Ano passado, a sempre antenada Ale Garattoni indicou um blog que comecei a acompanhar e me apaixonei! É o Scout The City, que mostra o lifestyle de Sai de Silva e da pequena London Scout. Mãe e filha esbanjam estilo pelas ruas de Nova York! Elas estão sempre combinando de alguma maneira, o que acho uma graça! Não sei se a London já escolhe as próprias roupas ou se Sai que pensa nos looks, mas seja como for, a impressão que dá é de que a pequena se diverte com a moda, sem nunca perder o ar infantil. Eu simplesmente AMO os lookinhos dela! Ah, e os penteadinhos tanbém merecem toda atenção! Em seu canal no Youtube, Sai de Silva fez alguns tutoriais de penteados para meninas de cabelos cacheados que são super legais! *Como Sai está grávida do segundo filho, agora também tem uma série de posts com ideias de looks com barrigão! ;) Veja também: Mães criam aplicativo com emojis sobre maternidade E mais: Uber de babás promete facilitar a vida dos...
Leia mais

Como e quando esterilizar chupetas e mamadeiras

A Sociedade Brasileira de Pediatria não recomenda o uso de chupetas e mamadeiras, alertando que as mães que não tenham condições de amamentar seus filhos devem recorrer aos copos desde cedo. No entanto, elas ainda são itens muito utilizados em casa. Para os pais que recorrem a elas, cuidados com higiene e esterilização são importantes em cada fase dos bebês e crianças. Para entender cada processo, conversamos com médica pediatra dra. Gabriela Ochoa. Vem ver: QUAL A FORMA CORRETA DE HIGIENIZAR E ESTERILIZAR? Limpeza e esterilização são procedimentos diferentes! A limpeza se destina à remoção de resíduos e pode ser feita com água corrente, sabão neutro e escovas próprias para a higienização. Já a esterilização tem como objetivo a eliminação de germes e bactérias, e pode ser feita de duas maneiras: Forma convencional: coloque água para ferver em uma panela. Em seguida, os itens a serem esterilizados (bicos de mamadeira e chupetas; recipientes de mamadeira...), de forma que fiquem totalmente cobertos. Deixe ferver por, pelo menos, 5 minutos. Os objetos devem ser colocados para secar naturalmente sobre um pano limpo. Certifique-se que o objeto resfriou completamente antes de dar para o bebê. Esse processo de fervura também pode ser feito com recipiente de vidro no microondas. Esterilizador elétrico: é um aparelho próprio para esterilizar os utensílios por meio do vapor quente. Deve-se seguir as recomendações do fabricante. A vantagem desses esterilizadores é a praticidade e a conservação dos objetos, já que ele desgasta menos, prolongando a vida útil. TODA VEZ QUE FOR UTILIZAR A MAMADEIRA É PRECISO ESTERILIZAR? Não. Antes do...
Leia mais

Exame de trombofilia para mulheres pelo SUS agora é lei em SP

Começou a vigorar em São Paulo a lei 16.599, que garante a toda mulher o direito a fazer o exame que detecta a trombofilia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Trombofilias são alterações da coagulação que resultam em risco aumentado para trombose (obstrução de algum vaso do corpo por coágulo). As trombofilias podem ser hereditárias, em que a mulher já nasce com a alteração genética que predispõe a trombose, ou adquiridas, nas quais o organismo da mulher desenvolve anticorpos associados à ocorrência desses fenômenos”, explica o médico e mestre em obstetrícia e ginecologia pela USP Dr. Wagner Hernandez. Para entender melhor o que a nova regra traz de benefícios, quem são as mulheres do grupo de risco e como diminuir as chances de trombose, veja as considerações do dr. Wagner. A TROMBOFILIA APRESENTA SINTOMAS PRÉVIOS QUE ALERTAM PARA O RISCO? As trombofilias não apresentam sintomas. Os sintomas são consequências das tromboses decorrentes das trombofilias. Nesses casos, dependerão da parte do corpo acometida. Devido à obstrução da veia por coágulos, geralmente os sintomas serão de inchaço, dor e vermelhidão no local da trombose. EXISTEM FATORES QUE PODEM PIORAR O QUADRO? Existem fatores que aumentam o risco de trombose e que, se associados, podem precipitar a formação dos coágulos nas veias. Os mais importantes são: Obesidade Tabagismo Mulheres acima dos 35 anos Imobilização prolongada por cirurgia ou trauma Uso de alguns hormônios para anticoncepção ou reposição hormonal Gravidez Pós-parto COMO SE DETECTA A TROMBOFILIA? A suspeita de trombofilia deve ser sempre realizada em mulheres com antecedente pessoal ou familiar (em primeiro...
Leia mais

Cuidados para não perder seu filho na praia e o que fazer caso aconteça

Aproveitar o dia na praia é uma delícia e faz a alegria dos pequenos (e de muitos adultos). O passeio é uma ótima pedida para os dias de verão, principalmente nas férias escolares. Porém, as altas temperaturas são um alerta para os pais. Praias de Norte a Sul do país ficam lotadas e tomar cuidado e medidas de segurança são essências para nenhum pequeno se perder. Para te ajudar, reunimos as orientações tanto da polícia, quanto do projeto Anjos do Verão, que atua há 10 anos vem ajudando pais e filhos que se desencontraram. PULSEIRA DE IDENTIFICAÇÃO Muitas praias possuem postos oficiais e projetos sociais que distribuem pulseiras de identificação, então vale a pena conferir se o seu destino é um deles. Mas se quiser se prevenir antes mesmo de chegar, opte por comprar os modelos que são a prova d’água. E na identificação não esqueça de nome completo da criança, nome dos pais e telefone de contato. PONTO DE ENCONTRO Antes de começar a diversão, reúna toda a família e estipule um ponto de encontro. Prefira espaços fixos, como prédios, lanchonetes e postos policiais. As barracas de praia, a cadeira do bombeiro ou o sorveteiro podem se movimentar ao longo do dia. Outra dica é preferir os lugares que tenham alguma cor diferente, ou mesmo um nome que os pequenos possam lembrar com facilidade. APRESENTE AS PESSOAS QUE PODERÃO AJUDAR SEU FILHO Familiarize seu filho com as pessoas e o ambiente que ele está. Assim que chegarem na praia, leve-o para conhecer o salva-vidas, apresente, caso tenha próximo a...
Leia mais

5 marcas de protetor solar são reprovadas em teste de qualidade

Atenção pais, seus filhos podem estar em perigo! A Proteste Associação de Consumidores testou 10 marcas de protetor solar facial e, para surpresa, cinco delas não passaram no teste de qualidade. Sundown, L’Oreal, ROC, Sunmax e La Roche Posay apresentaram o fator de proteção solar (FPS) menor do que o indicado na embalagem. Dentre os rótulos, a La Roche Posay foi a mais crítica: FPS 42% menor do que o informado. A reprovação se deu pelo fato de que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) permite uma variação de até 17% em relação ao que é prometido, o que não aconteceu com as marcas citadas. Ainda no teste, a proteção UVA foi avaliada, e segundo normas da Anvisa de 2012, um terço do FPS precisa ser cumprido. Neste teste, a L’Oreal ficou em último lugar. O produto tem apenas 26% do FPS apresentado no rótulo ao invés dos 33% exigidos para UVA. Para entender a importância, os raios UVA são os responsáveis pelo envelhecimento precoce da pele. Já o FPS está associado a capacidade dos protetores de filtrarem a radiação do tipo UVB, que pode causar vermelhidão, queimaduras e câncer de pele. OS APROVADOS!  A boa notícias é que outros passaram no teste. Cenoura & Bronze, Natura e Nivea Sun  foram aprovados como boa qualidade. Já Boticário e Cetaphil estão entre os classificados com média qualidade. PUNIÇÃO  Como punição, a Protese reivindicou que as fabricantes corrijam os rótulos e façam recall dos produtos, este último item será cobrado pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon). O POSICIONAMENTO DA L'ORÉAL  "A L’Oréal refuta, de forma...
Leia mais

No Ninho: Renata + Catarina

A fotógrafa Rejane Wolff compartilhou com a gente um ensaio lindo que fez com a mãe de primeira viagem Renata e sua pequena Catarina. Adoramos as fotos bem "mãe e filha" e aproveitamos para bater um papo com Renata sobre maternidade, gestação, parto, rotina do sono e amamentação. Vem ver as dicas do que funcionou na casa dela, e os cliques cheios de estilo que Rejane fez: QUANDO DESCOBRIU QUE ESTAVA GRÁVIDA, QUAL A PRIMEIRA COISA QUE PASSOU NA SUA CABEÇA? A única coisa que passava pela minha cabeça todos os dias era o desejo que aquela gestação finalmente desse certo. Era minha terceira gravidez no período de apenas um ano, uma vez que as duas anteriores não vingaram. Na primeira foi diagnosticado anembrionária (quando o óvulo fecundado se instaura no útero, mas o bebê não se desenvolve) e na segunda, ectópica (quando o óvulo fecundado implanta-se fora do útero). Então, cada resultado positivo significava um misto de alegria, medo e incertezas. COMO ESTAVA SUA VIDA NESTE MOMENTO? Minha vida estava completamente voltada ao desejo da maternidade, pois eu sempre amei crianças e simplesmente não entendia porque a minha não chegava logo. Eram consultas infinitas, exames e mais exames, novenas e promessas, além da superação dos traumas anteriores. Até que um dia, no momento certo, apenas com a intervenção divina, tudo se encaixou perfeitamente. COMO FOI A GESTAÇÃO DA CATARINA? ELA NASCEU DE QUANTOS MESES? A gestação da Catarina foi muito tranquila. Não tive enjoos, nunca passei mal, fiz exercícios e trabalhei até praticamente o último instante. Com 37 semanas...
Leia mais

Dicas para montar o enxoval de bebê com Roberta Magalhães

Montar o enxoval do bebê é um momento muito gostoso para as futuras mamães. Pensar em cada detalhe, escolher as roupinhas, mantas e lençóis torna ainda mais especial este momento. Porém, com tantas opções, o cuidado com materiais, acabamentos e quantidades é importante para não se arrepender depois. Pensando nisso, batemos um papo com Roberta Magalhães, que comanda a marca homônima expert em enxoval e roupinhas de bebê, que deu dicas valiosas. Vem ver: POR QUE DECIDIU SE ESPECIALIZAR EM ENXOVAL E ROUPINHAS DE BEBÊ? Tudo começou quando engravidei da minha primeira filha e fui fazer o enxoval na França. Percebi que não conseguia encontrar aqui no Brasil produtos com a mesma qualidade, pois, mesmo os produtos mais caros deixavam a desejar no toque do tecido e nos acabamentos. Foi então que resolvi criar minha própria marca e desenvolver produtos iguais aos que gostaria de comprar. E O QUE AS FUTURAS MAMÃES ENCONTRAM NA SUA LOJA? Todos os itens de enxoval tem um toque super macio. Nossos lençóis são feitos em percal 200 fios com toque muito macio e bordado ajour duplo. As toalhas com bordado ajour e os roupões possuem felpa da melhor qualidade, o que proporciona muito conforto para a pele do bebê. Os nossos conjuntos de maternidade são feitos em malha 100% algodão anti- alérgico, e os vestidinhos também em tecido 100% algodão, o que os tornam muito confortáveis e fresquinhos. O QUE NÃO PODE FALTAR NO ENXOVAL? Lençóis para berço, fronhas avulsas, mantas para berço, mantas para passeio, fraldas de ombro, fraldas de boca, fraldão...
Leia mais