Casamentos Casa & Decor 15 anos

Click de Mãe

Navegue como ou

10 aplicativos para se divertir com as fotos do celular

Acho que todas as mães, assim como eu, têm quantidades enormes de fotos no celular, né? Por isso, este mês separei alguns apps que eu acho legais e divertem também as crianças! 1. PicTapGo Permite que sejam feitos novos cortes nas fotos, além de aplicar filtros de cor, contraste e nitidez. As fotos ficam super legais e podem ser postadas em redes sociais direto do app. Eu adoro! Confesso que sempre dou um tapinha nas fotos que eu faço com o celular antes de postar. 2. VSCO Cam Na mesma linha, é um app que permite aplicar filtros de cores e corrigir detalhes das fotos. No entanto o VSCO é uma ferramenta mais completa e ainda tem o charme dos filtros que simulam cores de filmes mesmo. É possível fazer parte de uma rede social própria dele, além de postar fotos direto em outras redes como o Facebook e o Instagram. Fotógrafos adoram o VSCO! 3. Layout App do Instagram, que faz montagens com várias fotos. Apesar de haver inúmeros apps que fazem isso, alguns até com mais recursos, gosto desse porque é bem simples de usar, faz montagens legais e é gratuito. 4. Boomerang e Hyperlapse Também são apps do Instagram. Cada um do seu jeito, fazem pequenos videos divertidos, que alteram a velocidade dos movimentos… Aqui em casa já rimos muito com esses videozinhos!! 5. YouCam Makeup Sabe aquela foto que ficou super legal, mas você estava com olheiras? Ou aquela manchinha na pele que ficou super evidente? Esse app retoca tudo e ainda faz a maquiagem...
Leia mais

5 motivos para contratar um fotógrafo profissional para registrar seu filho

Durante este ano todo eu escrevi como fotógrafa…Inclusive, a coluna deste mês já estava prontinha quando eu recebi fotos da festinha que fiz em casa para meu filho na última terça-feira. Daí não resisti e mudei tudo, porque achei que precisava compartilhar minha experiência do outro lado. Confesso que na hora prefiro mil vezes estar do outro lado da câmera. Sou tímida e estou me achando super gordinha… Ah, mas na hora em que chegaram as fotos…Foi muito gostoso, recomendo e eu posso dar muitos motivos para se contratar um fotógrafo profissional. Aqui vão 5 deles: 1. Porque você também aparece nas fotos! Em geral, são as mães que mais se preocupam em registrar a família, o dia-a-dia, os eventos e os grandes marcos de crescimento dos filhos. Por isso, elas raramente estão nas fotos. Grande injustiça! Hoje talvez você não se importe, já que está tão focada nos filhos, mas vai fazer muita no futuro, principalmente para eles! 2. Porque é gostoso ver a família completa em momentos especiais! A gravidez, o parto, primeiros dias, meses, passos… todos os momentos são especiais, não apenas os de festa. Por isso, de tempos em tempos, acho muito gostoso ter alguém com olhar diferente do meu, contando o que está vendo e como está vendo. Fotos são boas surpresas, além, claro, de ótimas recordações. 3. Porque é divertido! O momento das fotos pode, sim, ser uma grande brincadeira! Quem disse que todos precisam estar arrumadinhos, enfileirados e sorrindo? Sessões de fotos podem ser feitas em qualquer lugar, desde que haja uma...
Leia mais

Fotografia: o primeiro ano do bebê mês a mês

O primeiro ano do bebê é longo e intenso. São tantas mudanças grandes e rápidas e nós ficamos tão ecantadas com isso tudo, que achei super importante registrar mês a mês o crescimento do JF, de um jeitinho bem simples. Para isso, escolhi um local do quarto dele em que pudesse apoiá-lo com conforto e segurança e que continuasse assim, à medida em que ele fosse crescendo e ficando mais ativo. Acabei escolhendo a cama, mas poderia ter sido a poltrona de amamentação ou próprio berço também. Para evidenciar o crescimento, escolhi um objeto de referência e um “look” que pudesse ser repetido todos os meses. Como referência, escolhi um ursinho que ele ganhou da tia Lu, que também é madrinha dele. Além de fofo, ele tinha um tamanho legal e o ano em que o JF nasceu bordado no pezinho, o que, na minha opinião, só acrescentava charme à ideia toda. Como look, pensei no body branquinho que, além de fofo, com certeza eu poderia repetir todos os meses… Fiz uma com e uma sem o body, só de fralda, e acabei ficando com a segunda opção, pensando em todas as dobrinhas gostosas que eu ia gostar de lembrar para sempre que tinha. Na época, eu não encontrei para comprar aqui no Brasil, mas hoje existem uns kits de bodies fofíssimos, próprios para fazer isso, com os meses marcadinho na barriga do bebê. Acho uma fofura, e estou louca para fotografar um bebê com eles! Na primeira foto eu me atrapalhei, ainda estava meio desajeitada e ele era tão pequenininho… ...Mas...
Leia mais

6 dicas para clicar fotos espontâneas das crianças

Não diga "XIIIIS"! Não sei dizer direito em qual momento (nem com quem) as crianças aprendem a olhar para a câmera, tombar a cebecinha e dizer “Xiiiiiis”. Para o meu filho eu nunca ensinei… mas ele faz! A primeira, a segunda, talvez até a terceira foto ficam fofas, mas depois… Ah, depois a gente passa a vida inteira assim: alguém aponta a câmera e, automaticamente, a gente tomba a cabeça e dá aquele sorrisinho. Tombar a cabeça por quê? Não sei, mas a gente faz... Além disso, pedir que a criança pare o que está fazendo e faça uma coisa que você quer, mas ela não, é pedir que ela odeie ser fotografada. O fato é que nós, mães, queremos filhos sorrindo nas fotos! Contudo, por mais fofa que seja a pose aprendida, não se compara a uma gargalhada ou a um sorriso espontâneo, daqueles de verdade, que expressam a alegria mais sincera. Por isso, aqui vão algumas dicas: 1. A cena é fofa? Não chame a atenção da criança… você pode registrar o momento acontecendo, sem que ela perceba. Insistir para que a criança olhe para a câmera pode quebrar completamente o clima ou acabar com a brincadeira.   2. Crie um vínculo, interaja com ela. Na medida em que a criança se interessa por você, o momento da fotografia se torna prazeroso. Além de mais divertido, você, provavelmente, vai conseguir expressões lindas e espontâneas.   3. Criança não se importa em estar sob a luz ideal ao seu formato de rosto e nem no ângulo que favorece a...
Leia mais

6 dicas para tirar fotos lindas de irmãos

No começo do mês, o mundo ficou encantado com as fotos do Príncipe George e sua irmãzinha, Charlotte, feitas pela própria mãe, a Duquesa de Cambridge. Inspirada nelas, pensei em algumas dicas para ajudar as mães a clicarem estes momentos de fofura entre irmãos! 1. Segurança sempre em primeiro lugar. Principalmente no caso de irmãos bem novinhos, acho super importante escolher um lugar bem gostoso e macio, onde seja possível que o maior tenha algum apoio nos braços para ajudá-lo a segurar o menor. O canto do sofá, como a Kate escolheu, ou uma poltrona são ideais. 2. Uma almofadinha também é ótima idéia… atrás, para dar sustentação ao braço do irmãozinho ou na frente, para evitar que algum movimento mais brusco cause um acidente, afinal, por mais que haja amor e carinho, crianças às vezes são imprevisíveis, não é mesmo? 3. Escolher um ambiente que lhes seja familiar, em que estejam todos confortáveis, ajuda bastante. Se as crianças estiverem à vontade tudo acontece com mais facilidade. 4. Ajuda é sempre bem-vinda! Ter outro adulto na hora da sessão de fotos ajuda muito. Enquanto a mãe fica concentrada, de câmera em punho, a outra pessoa pode fazer gracinhas para arrancar sorrisos, além de estar a postos para ajudar caso alguém escorregue da posição, fique desconfortável ou comece a chorar. 5. Não se limite a fotos posadas. Insistir para que eles olhem para a câmera, sorriam, façam isso ou aquilo pode ser estressante para a criança e frustrante para a mãe. Quanto mais à vontade, mais espontâneos os sorrisos e carinhos, mais...
Leia mais

Fotografando os detalhes dos bebês

Bebês são lindos por inteiro! Tudo neles é fofinho e gostoso: pézinhos perfeitinhos, mãozinhas gorduchas, aqueles cílios compridos, os olhinhos, a boquinha, narizinho arrebitado… A velocidade com que eles crescem e isso tudo vai mudando chega a ser cruel com as mães! Por isso, acho que vale muito a pena fotografar cada detalhe de fofura. Aqui vão algumas dicas: Prefira lugares em que haja bastante luz natural. Além das cores ficarem mais bonitas, é mais confortável para o bebê, afinal, um flash direto pode incomodar e até assustá-lo. Escolha um momento em que o bebê esteja calmo. Pode até ser durante uma soneca ou mesmo na hora do banho. Enquanto ele mama também pode ser uma boa idéia, desde que isso não atrapalhe a “refeição”, claro! Acione a função “macro” da sua câmera (o símbolo é aquela florzinha que talvez tenha te deixado na dúvida de como usar)! Ela te permite aproximar bastante a câmera do bebê e dar foco nos detalhes. Mas tome cuidado! Essa função deixa o foco automático um pouquinho mais lento, por isso tenha mãos firmes e muita atenção onde está focando. Use e abuse do zoom óptico da câmera. Para isso, você precisa se afastar um pouco do bebê, mas também pode funcionar bem. Aqui, a firmeza nas mãos é igualmente importante. Por fim, experimente vários ângulos e posições: você em relação ao bebê, o bebê em relação à luz e a luz em relação a você. Uma soneca pode render muitas fotos lindas! [author] [author_image]http://babies.constancezahn.com/wp-content/uploads/sites/2/2014/12/aline-inagaki.jpg[/author_image] [author_info]Aline Inagaki é mãe do João Felipe e fotógrafa com foco no registro...
Leia mais

Cuidado com as fotos de seus filhos postadas na internet

Nossos filhos são lindos e dá vontade de mostrá-los para todo mundo o tempo todo! Cada carinha, cada momento, cada gracinha… Como mãe é mãe, achei importante postar aqui alguns cuidados que podem ajudar a prevenir problemas com as fotos dos pequenos. E por problemas, eu entendo desde olho gordo (rsrsrs… tem quem acredite!) até uso indevido de imagem em sites, blogs ou mesmo propagandas. 1. Evite postar fotos em alta resolução: Quanto melhor a resolução, mais fácil de manipulá-la em programas como Photoshop. Há quem procure fotos na internet para fazer folders, panfletos etc. Por isso, evite se não quiser correr o risco de ver seu filho por aí provendo algo que você não gosta ou com o que não concorda. 2. Nunca poste fotos de outras pessoas sem pedir autorização: Pode ser que a pessoa não queira se expor ou se sinta constrangida… Em última instância, isso pode gerar um problemão relacionado ao direito de uso de imagem, ainda que a autoria da foto seja sua, com o consentimento da pessoa. 3. Restrinja a visualização das fotos: Em redes sociais você tem como restringir quem pode ver o quê e que ações cada um pode tomar em relação a suas fotos. No Facebook, por exemplo, é possível classificar seus amigos em grupos e autorizar a visualização por apenas alguns grupos. É possível também desabilitar a função de compartilhamento, de forma que as pessoas não consigam compartilhar suas fotos com quem você não deseja ou não conhece. Além disso, é possível proibir que se faça download da imagem ou o famoso “copiar-e-colar”. O Flickr, por exemplo, tem essa...
Leia mais

10 fotos que não podem faltar na festinha das crianças

Chegou o dia! E, não importa se é um picnic ou uma festona, se é no buffet, no parque ou na casa da vovó, se são 10 ou 100 convidados… Comemorar é uma delícia e o que fica de tudo isso são só as memorias - e as fotos, claro! :D Por isso, acho imprescindível fazer muitas e muitas fotos, para que nada se perca e também para que nós, mães, possamos curtir um pouquinho também e ver tudo o que aconteceu e nós não vimos direito, porque estavámos ocupadas com os convidados! rs Se não quiser contratar um fotógrafo, dê a câmera, a listinha abaixo (e a responsabilidade) a um amigo e divirta-se! Aqui vão algumas dicas do que não pode faltar: 1. Fotos com a família Sugiro fazer no início da festa, enquanto está tudo tranquilo e o aniversariante, arrumadinho! Se possível, peça para os avós, tios e padrinhos chegarem bem cedo e faça essas fotos mais posadas e com calma. Essas são as que vão parar no porta-retrato da família.   2. O aniversariante O dono da festa tem mais é que se divertir! Prepare o zoom e acompanhe, sem interferir muito. Criança feliz e à vontade, brincando, é uma delícia de fotografar! Sorrisos, carinhas de surpresa, gestos fofos e muita bagunça.   3. A mesa de doces A mesa de doces dá o tom da festa. Normalmente feita no tema escolhido pelo aniversariante, é em volta dela que acontece o ponto do alto da festa: o parabéns! Huuummm…bolo, docinhos, cupcakes, guloseimas em geral… Capriche nessas...
Leia mais

O que fazer com as fotos das férias?

Ah, as férias de verão! Aqueles dois meses tão esperados, em que as crianças ficam em casa, enlouquecem as mães, mas é uma delícia! E haja criatividade e energia para entreter a turma por esse tempo todo! Seja em casa, na fazenda, na praia, na casa da vovó, acampamento, viagem para aquele lugar especial ou um pouco de cada, é nas férias que a gente mais fotografa! São lembranças gostosas, de dias incríveis, que não merecem ficar presas em um HD ou perdidas pela internet, né? Por isso, resolvi dar algumas ideias do que fazer com elas, para mostrar os lugares e momentos mais legais das férias para todo mundo!  1. Álbum Tradicional Antes de imprimir as fotos, a gente sempre faz uma seleção e só isso já vale para reviver alguns momentos bacanas… São muitas opções de álbuns, desde aqueles bem simples, com saquinhos para colocarmos as fotos, até os mais sofisticados e artesanais, feitos com papéis especiais, bem personalizados, onde você pode colar as fotos usando cantoneiras. Se este for o caso, imprima as fotos de diversos tamanhos e faça layouts diferentes em cada página. Onde encontrar: Papelarias em geral. Opções: Papel Craft e Atelier Machado. ( Álbum da Papel Craft )  2. Scrapbook Para quem gosta de trabalhos manuais, tem também os scrapbooks, que você pode montar página a página (isso pode virar uma boa atividade com as crianças!!), compondo com fotos de tamanhos diferentes, recortes e enfeites. Onde encontrar: Papelarias em geral. Opções: Scrap Sampa e Casa da Arte. ( Livros ) 3. Fotolivro É...
Leia mais

Como escolher uma câmera fotógrafica

*A querida fotógrafa Aline Inagaki acaba de ganhar uma nova coluna aqui no site! Mensalmente, ela dará dicas sobre fotografia para mães. Espero que gostem!! ;) Já ouvi essa pergunta muitas vezes, não apenas de amigos, mas da maior parte das grávidas e mães que eu vou fotografar...Todo mundo quer estar pronto para a chegada de um novo bebê ou para registrar os melhores momentos das crianças com qualidade. E eu dou o maior apoio! O tempo passa tão rápido que não pode haver preguiça! Quanto mais fotos, melhor! E eu falo isso por experiência própria. Meus pais têm muitas fotos minhas e eu ADORO!! João Felipe, meu filho, também - os três anos de vida dele são cheios de fotos! ( Aline Inagaki e seu filho, João Felipe ) São tantas marcas, modelos e features que a decisão não é simples. Não vou entrar em aspectos técnicos, mas sugiro aqui alguns dos pontos que eu acho mais importantes na hora da compra de uma câmera: 1. Resolução Muitos megapixels não necessariamente significam melhor qualidade de imagem... Hoje, as câmeras compactas têm acima de 12 megapixels, o que é bem mais do que suficiente para fazer belas impressões até 20x25cm, álbuns, fotolivros e compartilhar fotos online. Por isso, este não precisa, necessariamente, ser um fator de decisão. 2. Zoom Zoom digital prejudica a qualidade da foto...Preste sempre atenção no zoom óptico. Para fotografar bebês e crianças eu acho que o zoom é bem importante, principalmente para conseguir carinhas e expressões bem espontâneas!! Eu acho que quanto mais natural, mais gostoso.  3. Modos de Fotografia Os modos automáticos ajudam a fazer fotos melhores em algumas situações...
Leia mais