Casamentos Casa & Decor 15 anos
Topo

Navegue como ou

10 cenas e momentos para fotografar na hora do parto

O trabalho da fotografia documental de nascimento é diferente de todos os ensaios de gestante e dos eventos que a grávida provavelmente fez, como o chá de bebê e até aos ensaios de família conhecidos como lifestyle. O fotógrafo de nascimento não participa e não dirige as cenas. Nem minimamente. Ele testemunha e observa os acontecimentos, o amor e os encontros antes, durante e depois do parto, discretamente. O objetivo é contar uma história redondinha com começo, meio e fim.

Claro que o ideal de ter um profissional na hora do parto nem sempre é possível, por inúmeros motivos! Mas com uma câmera na mão, nem que seja com o celular, é possível, sim, clicar o mínimo para guardar o dia do nascimento de um filho pra sempre na janelinha do tempo que as fotografias abrem pra gente. Reuni aqui algumas dicas de cenas que podem ajudar a mãe e, principalmente nesse caso, o pai, a salvar o dia e a permitir que vocês contem a própria história por meio de 10 momentos e cliques!

Cena 1- Barriga máxima – Uma última foto da barriga antes de sair de casa é sempre legal! Ver depois o tamanhão máximo que chegou a barriga, é super divertido! Pode ser no Hall do prédio e até na maternidade, mesmo.

Cena 2- Chegamos! – No caso de uma cesárea, esse seria o primeiro momento em que já estiverem no quarto, ainda calmos. O parto normal também dá pra fazer. Pense que é só um registro da cena, já no quarto. Os equipamentos de monitoramento que estarão no quarto fazem parte do momento. Nesse caso, até um close no papelzinho que sai com os batimentos cardíacos do bebê também é bem legal!

Cena 3- Chegada da médica – Uma fotinho da médica quando chega pra dar um primeiro “oi” para o casal. A hora está chegando, afinal! Oba!

Cena 4- A saída da gestante do quarto – Um momento que alguns criticam, mas que é de uma alegria e expectativa tão linda! Uma mistura de emoções que merece ser guardada. Pode ser andando, na maca ou cadeira de rodas, não importa. Faça a saída do quarto, já no corredor mesmo, ou peça pra alguém clicar! É legal também para registrar quem está presente, já que, geralmente, neste momento estão todos reunidos em volta da mamãe.

Cena 5- Concentração e descontração – Por trás dos panos mesmo, o pai pode fotografar os médicos trabalhando. Eles costumam conversar com o casal, tentando acalmar todo mundo. O clima é geralmente muito amigável antes da chegada de um bebê.

Ok! A partir desse momento é muito difícil conter a emoção, eu sei. Mas vamos lá! Na teoria, tudo dá certo!

Cena 6- O casal na expectativa – Essa foto o anestesista pode fazer! Se tudo estiver correndo bem, peça pra ele! Dificilmente ele vai negar. Hehe. Senão, faça um estilo selfie, mesmo, sem vocês olharem pra câmera. O que vale é o momento, não o sorriso!

Cena 7- O primeiro respiro – O momento após o nascimento, é lindo. Quando o médico levanta o bebê e mostra pro casal, sabe? E não se preocupe. É tanta luz cirúrgica (tanto na cesárea, como na maioria dos partos normais), que não dá pra ver tanto o sangue. Fica tudo um pouco “estourado”, branco, de tanta luz. Nessa hora solte o dedo e clique mesmo sem olhar pela câmera!

Cena 8- Hora de nascimento – O relógio marcando a hora exata do nascimento. O relógio sempre fica bem de frente pro casal. O único problema é lembrar de clicar em meio à tanta emoção!

Cena 9- Família completa – A foto dos três juntos. Essa com certeza terá alguém disposto a clicar.

A partir desse momento, o pai normalmente consegue “seguir os passos do bebê”! Portanto as dicas são para eles!

Cena 10- Detalhes – Chegou a hora de respirar fundo e clicar alguns detalhes de como é o seu bebezinho recém chegado. Fotografe o peso do bebê! Os médicos costumam chamar quem estiver com a câmera para fotografar esse momento. Aproveite quando o bebê voltar para o bercinho para fotografar as mãos segurando o pezinho e a mãozinha. Essas fotos são incríveis e dão a real dimensão de quanto aquele bebê é pequeno e delicado. Logo, logo ele vai crescer e essa imagem vai valer ouro!

Claro que nem sempre dá para seguir roteiros quando se trata de um nascimento. Nem dá para saber como vamos reagir ao nascimento do primeiro ou segundo, ou terceiro filho. O importante é viver o momento com leveza, estar 100% presente, e, se conseguir lembrar de clicar algum desses momentos, será uma maravilha!

Apaixonada por registrar lindos momentos, Mel AlbuquerqueFornecedoresMEL ALBUQUERQUEFotografiaSão Paulo (Capital)Leia mais fez seus primeiros cliques ainda pequena, brincando aos oito anos. As fotos ainda existem e compõem ao lado das atuais, o portfólio da fotógrafa que se especializou em ensaios de família e bebê. Por aqui, Mel compartilha seus conhecimentos técnicos e experiências como mãe-fotógrafa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *